Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018





Zeca admite que recebeu de Joesley doação oficial de R$ 1 milhão em 2010
Ex-governador negou que tenha cobrado propina entre 1999 a 2006


19 de Junho de 2017 - 10:55           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Zeca admite que recebeu de Joesley doação oficial de R$ 1 milhão em 2010

 
 

O deputado federal e ex-governador Zeca do PT rebateu as acusações feitas pelo empresário Joesley Batista, da JBS, de que teria sido o petista a iniciar a cobrança de propina em Mato Grosso do Sul em troca de benefícios fiscais para empresas do grupo, porém admitiu ter recebido doação do homem que fechou a delação que abalou a república.

Zeca afirma que recebeu R$ 1 milhão em doação da JBS, via Partido dos Trabalhadores. À época o petista disputava eleição pelo governo estadual contra André Puccinelli (PMDB), e revelou ter sido procurado pelo dono da JBS, que teria lhe oferecido ajuda na campanha.

“Ele viu que eu tinha chance de ganhar. Mas, infelizmente eu perdi”, disse Zeca à reportagem durante agenda pública na manhã desta segunda-feira (19), na Capital, onde acompanha o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra (PMDB-RS) e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O deputado federal, que cogita disputar uma cadeira no Senado em 2018, pontuou que só conheceu Joesley em 2010, ou seja, quatro anos após deixar o governo. Até então, ele afirma que conhecia apenas o ‘Júnior da Friboi’ (José Batista Júnior), irmão mais velho de Wesley e Joesley.

“ Falar até papagaio fala. Se não tiver provas e condenar vão cair do cavalo, a lei é clara quanto ao ônus da prova, que cabe a quem acusa”, disparou Zeca, que frisou ainda que poderá tomar as ‘medidas cabíveis’ contra o empresário.

Em entrevista à Revista Época, Joesley afirmou que o esquema de pagamento de propina levado à cabo pela JBS teve início em Mato Grosso do Sul, na gestão de Zeca, e se manteve com Puccinelli e Azambuja.











Plantão

.
19/01/2018 - 14:40   De férias com a família, Ticiane Pinheiro usa vestido de 30 mil na praia. Fotos
19/01/2018 - 14:20   Wanessa Camargo fica fora de desfile da Mocidade no Carnaval: ‘Decisão difícil’
19/01/2018 - 14:17   Ao todo, contratos custarão R$ 867,9 mil aos cofres estaduais
19/01/2018 - 14:08   Governo anuncia construção de 100 casas populares no interior do Estado
19/01/2018 - 14:06   Motociclista de 40 anos morre atropelado por carro na rodovia MS-487
19/01/2018 - 14:00   Filho de Patricia Abravanel abraça a irmã recém-nascida, Jane: ‘Amor’
19/01/2018 - 12:20   Joãozinho Engraxate´ morre aos 66 anos em Dourados
19/01/2018 - 12:00   Conselho define procedimentos para saque de cotas do PIS/Pasep
19/01/2018 - 11:40   Acidentes graves em rodovias federais caem 7,5% em 2017; número de multas sobe
19/01/2018 - 10:40   Homem que estava caçando é preso pela Polícia Ambiental ao tentar fugir; armas e munições são apreendidas
19/01/2018 - 10:20   Taylor Swift e sua família são ameaçados de morte por perseguidor da cantora, diz site
19/01/2018 - 10:00   Entregas de uniformes em escolas da Rede Estadual começam com um mês de antecedência
19/01/2018 - 09:58   Mãe abre portão e filho acaba esfaqueado por vizinho
19/01/2018 - 09:26   Ministério da Educação reconhece 50 cursos de ensino superior
19/01/2018 - 09:19   Entregas de uniformes em escolas da Rede Estadual começam com um mês de antecedência
19/01/2018 - 08:53   Vídeo produzido por produtores de Sidrolândia viraliza nas redes sociais de Bolsonaro
19/01/2018 - 08:45   Terminam hoje inscrições para vagas com salários de até R$ 8,4 mil
19/01/2018 - 08:40   Chuva abre cratera em rodovia de MS, carro cai e duas pessoas ficam feridas
19/01/2018 - 08:20   MS quer Maracaju como ponto de partida da Ferroeste
19/01/2018 - 08:07   Prazo para segunda etapa de matriculas na rede estadual termina nesta 6ª feira
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!