Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 18 de Julho de 2018





Temer sanciona lei que cria o Ministério da Segurança Pública



11 de Julho de 2018 - 11:52           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a lei que criou o Ministério da Segurança Pública. A pasta foi criada por medida provisória, em fevereiro, e aprovada pelo Congresso Nacional. A Lei 13.690 está publicada na edição de hoje (11) do Diário Oficial da União.

A lei especifica que o Ministério da Segurança Pública tem a função de coordenar e promover a integração da segurança pública em todo o território nacional em cooperação com os demais entes federativos.

Integram a pasta os departamentos de Polícia Federal; de Polícia Rodoviária Federal; Penitenciário Nacional; os conselhos Nacional de Segurança Pública; Nacional de Política Criminal e Penitenciária e a Secretaria Nacional de Segurança Pública, órgão responsável pela Força Nacional de Segurança Pública.

Inicialmente, o nome determinado na medida provisória era Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Durante a votação no Congresso Nacional, o termo extraordinário foi retirado. Desde a criação, o ministério é comandado por Raul Jungmann.

Entre os vetos, está o artigo que determina que o ministro da Segurança Pública poderá, em caráter excepcional e mediante entendimento com o ministro da Defesa, solicitar militares das Forças Armadas ao presidente da República. A justificativa do veto explica que o item foi retirado da lei porque a gestão do quadro de pessoal militar é de competência dos comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Outros pontos vetados são os que davam ao ministério a competência de patrulhamento ostensivo das ferrovias federais e a política de organização e de fiscalização das guardas portuárias.

A lei também transforma o Ministério da Justiça e Segurança Pública em Ministério da Justiça.











Plantão

.
18/07/2018 - 07:08   Dupla em Corsa branco teria executado homens em Sitioca
17/07/2018 - 22:20   Jovem tira a própria vida e choca Maracaju
17/07/2018 - 21:31   PRF apreende cerca de cinco toneladas de maconha em Dourados
17/07/2018 - 16:23   Morre primeira dama de Eldorado, Andréia Maciel Santos
17/07/2018 - 16:20   Especialistas mundiais debatem práticas de bem-estar de suínos e aves na Embrapa
17/07/2018 - 16:17   Ladrões invadem propriedade rural e furtam soja avaliada em R$ 70 mil
17/07/2018 - 16:03   Pontos em obras exigem interferência no tráfego da BR-163/MS
17/07/2018 - 15:16   Artigo: Crianças podem desenvolver TOC - De Luciana Brites
17/07/2018 - 14:41   Promotora faz visita surpresa e descobre que bioquímico de posto de saúde trabalha em outra cidade
17/07/2018 - 14:14   Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
17/07/2018 - 14:06   PMA captura anta com ferimentos em rancho de Coxim
17/07/2018 - 14:05   54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o País
17/07/2018 - 11:20   Operação em MS mira grupo que clonava telefones de políticos
17/07/2018 - 11:20   Integrante de facção criminosa é assassinada enquanto tomava tereré
17/07/2018 - 11:17   Bruna Marquezine posta selfie de roupão e ganha elogios de famosos
17/07/2018 - 11:17   Publicado decreto que antecipa parcela do 13º para aposentados
17/07/2018 - 11:15   Ipê-Amarelo se torna árvore símbolo do Estado de Mato Grosso do Sul
17/07/2018 - 11:14   Cármen Lúcia assume interinamente a Presidência da República
17/07/2018 - 11:12   Acidente envolvendo caminhões deixa uma pessoa presa às ferragens
17/07/2018 - 11:12   Escola Senai da Construção inicia dois cursos gratuitos para soldados do Exército
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!