Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018





Sistema de biometria para deputados vai custar R$ 275 mil
Equipamentos instalados no Estado são iguais aos utilizados no Senado


14 de Junho de 2018 - 12:26           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul vão poder votar projetos por meio de biometria e senha. O sistema eletrônico que será instalado na Casa de Leis, igual ao utilizado no Senado, custou R$ 275 mil. O pagamento será realizado em parcelas mensais de R$ 22.950. 

O contrato foi firmado no dia 19 de abril após a realização de um pregão presencial. A empresa responsável pelo projeto é a Visual Sistemas, com sede em Belo Horizonte. O sistema utilizado por eles foi criado há 20 anos e é utilizado em Assembleias Legislativas espalhadas por todo o país, como em Pernambuco e Goiás, por exemplo. 

O sistema permite que os deputados votem por meio da biometria ou através de senhas. Técnicos da empresa estão em Campo Grande desde o dia 12, quando começaram a instalar os monitores. A previsão é de que os aparelhos estejam disponíveis na próxima terça-feira (19). 

O deputado e primeiro-secretário Zé Teixeira (DEM) declarou que, a “que a Casa tem que modernizar e o povo deve ter o conhecimento do que tá acontecendo na Assembleia. O voto eletrônico identificado vai servir para para anunciar no plenário tudo o que está acontecendo na Casa”, declarou.

Segundo Teixeira, o sistema vai anunciar também os nomes dos deputados ausentes. O aparelho digital de biometria vai ficar sobre a mesa de cada um dos parlamentares. 

Um painel eletrônico será instalado no plenário, outro no plenarinho e o último no saguão da Assembleia. Ao todo, são quatro televisores.











Plantão

.
15/10/2018 - 12:39   Vereadora Célia Frota sugere limpeza de Cemitérios para o Dia de Finados
15/10/2018 - 11:52   Há quatro anos salvando vidas na BR-163/MS
15/10/2018 - 11:51   CCR MSVia prossegue com obras e serviços na BR-163/MS
15/10/2018 - 11:20   Bolsonaro afirma que vai resgatar o respeito em sala de aula
15/10/2018 - 11:19   Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
15/10/2018 - 11:06   Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
15/10/2018 - 11:04   Ganhadora de carro 0km do Grupo ABV é de Dourados
15/10/2018 - 10:59   MS inicia outubro com quase 90% da safra 2017/18 de soja comercializada
15/10/2018 - 09:10   Forças Armadas e Polícia Federal fazem operação no Rio de Janeiro
15/10/2018 - 09:07   Homenagem da Câmara de Itaporã aos professores
15/10/2018 - 09:00   Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores
15/10/2018 - 08:40   Acordo entre ministérios busca criar emprego para egressos de prisões
15/10/2018 - 08:30   Opas quer fortalecimento do SUS para atingir metas de desenvolvimento
15/10/2018 - 08:20   Fonoaudiólogo orienta professor otimizar e poupar a voz. Confira dicas
15/10/2018 - 08:10   Acidente com avião de pequeno porte deixa mortos na Alemanha
15/10/2018 - 08:00   Jovem corre atrás de ônibus em movimento, tenta forçar porta para entrar e morre atropelado
15/10/2018 - 07:50   Tite muda e adota mistério na seleção brasileira para enfrentar a Argentina
15/10/2018 - 07:49   Com novo limite para o 2º turno, candidatos já gastaram 4,8 milhões
15/10/2018 - 07:49   Policial aposentado morre quatro horas após se envolver em acidente
15/10/2018 - 07:47   Menino de 4 anos põe fogo em colchão de idosa acamada
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!