Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018





Sistema de biometria para deputados vai custar R$ 275 mil
Equipamentos instalados no Estado são iguais aos utilizados no Senado


14 de Junho de 2018 - 12:26           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul vão poder votar projetos por meio de biometria e senha. O sistema eletrônico que será instalado na Casa de Leis, igual ao utilizado no Senado, custou R$ 275 mil. O pagamento será realizado em parcelas mensais de R$ 22.950. 

O contrato foi firmado no dia 19 de abril após a realização de um pregão presencial. A empresa responsável pelo projeto é a Visual Sistemas, com sede em Belo Horizonte. O sistema utilizado por eles foi criado há 20 anos e é utilizado em Assembleias Legislativas espalhadas por todo o país, como em Pernambuco e Goiás, por exemplo. 

O sistema permite que os deputados votem por meio da biometria ou através de senhas. Técnicos da empresa estão em Campo Grande desde o dia 12, quando começaram a instalar os monitores. A previsão é de que os aparelhos estejam disponíveis na próxima terça-feira (19). 

O deputado e primeiro-secretário Zé Teixeira (DEM) declarou que, a “que a Casa tem que modernizar e o povo deve ter o conhecimento do que tá acontecendo na Assembleia. O voto eletrônico identificado vai servir para para anunciar no plenário tudo o que está acontecendo na Casa”, declarou.

Segundo Teixeira, o sistema vai anunciar também os nomes dos deputados ausentes. O aparelho digital de biometria vai ficar sobre a mesa de cada um dos parlamentares. 

Um painel eletrônico será instalado no plenário, outro no plenarinho e o último no saguão da Assembleia. Ao todo, são quatro televisores.











Plantão

.
21/06/2018 - 16:01   Argentina perde para a Croácia, se complica na Copa e depende de terceiros
21/06/2018 - 15:55   Distribuidoras estão sem gás e afirmam que problema é na Petrobras
21/06/2018 - 15:53   Genro de Silvio Santos pode ser preso no aeroporto na volta dos EUA
21/06/2018 - 08:28   Câmara de Itaporã votará na próxima segunda projeto ´Mãos solidárias´
21/06/2018 - 08:22   Caminhão abandonado é encontrado pela PRF com três toneladas de maconha
21/06/2018 - 08:16   Cheque da desembargadora Tânia Borges é encontrado em investigação do Gaeco
21/06/2018 - 08:15   Trump assina ordem para manter crianças migrantes detidas junto com os pais
21/06/2018 - 08:14   Desembargador suspende depoimento de Lula em ação da Operação Zelotes
21/06/2018 - 08:13   Ativista pede punição a brasileiros que assediaram mulher na Rússia
21/06/2018 - 08:12   Supremo tem 5 votos para derrubar lei que proíbe sátiras em período eleitoral
21/06/2018 - 08:10   Governo de Mato Grosso do Sul é contrário à venda direta do etanol
21/06/2018 - 07:48   Motorista de trator morre depois de ser atingido na traseira por caminhonete
21/06/2018 - 07:45   Segundo a polícia, vítima de acidente fatal pode ter invadido a contramão
21/06/2018 - 07:44   PSD admite lançar Fábio ao governo com a desistência de pré-candidato
21/06/2018 - 07:37   Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
20/06/2018 - 18:43   49 crianças brasileiras estão separadas de pais nos EUA, diz nova lista
20/06/2018 - 17:38   Para Longen, instalação de montadora de veículos elétricos trará mais inovação a MS
20/06/2018 - 17:28   Itaporã adquiri triciclo para pintura de guias e sinalização horizontal
20/06/2018 - 16:30   Mala com ´simulacro de bomba´ é encontrada na Câmara dos Deputados
20/06/2018 - 14:57   Terceirização da Sanesul pode sair ainda nesse ano, diz Azambuja
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!