Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018





Reajuste para agentes comunitários de saúde é aprovado no Senado



12 de Julho de 2018 - 09:50           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O Senado aprovou nesta quarta-feira, dia 11 de julho, a Medida Provisória (MP) 827/2018 que trata da atuação dos agentes comunitários de saúde. A proposta aumenta o piso salarial da categoria em 52,86% ao longo de três anos. A matéria vai à sanção presidencial.

O texto estabelece que o piso atual de R$ 1.014,00 passará a ser de R$ 1.250,00 em 2019 (23,27%); de R$ 1.400,00 em 2020 (12%); e de R$ 1.550,00 em 2021 (10,71%). O piso salarial será reajustado, anualmente, em 1º de janeiro, a partir do ano de 2022 e deve ser fixado pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). 

A proposta estabelece uma jornada de trabalho de 40 horas. A medida estipula que, a cada dois anos, os agentes de saúde frequentarão cursos de aperfeiçoamento que serão organizados e financiados, de modo tripartite, pela União, estados ou o Distrito Federal e municípios. Já o transporte dos agentes até os locais de atuação será financiado pelo Ente Federativo ao qual o profissional estiver vinculado.

A matéria também prevê a presença de agentes comunitários de saúde na Estratégia de Saúde da Família e de agentes de combates de endemias na estrutura de vigilância epidemiológica e ambiental.

A matéria, já aprovada na madrugada desta quarta-feira na Câmara dos Deputados, foi muito comemorada pela categoria. O texto da MP 827 foi negociado com os agentes comunitários de saúde após os vetos presidenciais à Lei 13.595/18, que alterou diversos pontos da legislação da categoria. Segundo o governo, esses vetos eram necessários para preservar a autonomia de estados e municípios sobre o trabalho dos agentes comunitários.











Plantão

.
20/09/2018 - 14:20   Oito cidades registram alto índice de incidência de dengue em Mato Grosso do Sul
20/09/2018 - 14:00   Com calcinha recheada de dinheiro falso, mulher é presa quando aplicava golpe
20/09/2018 - 14:00   Com calcinha recheada de dinheiro falso, mulher é presa quando aplicava golpe
20/09/2018 - 13:50   Após vencer caso na Justiça, Claudia Rodrigues volta a trabalhar na Globo
20/09/2018 - 13:40   Motorista bate em moto de agente penitenciário, foge sem prestar socorro e colegas fazem manifestação
20/09/2018 - 13:30   Dr. Rey é denunciado por assédio sexual por universitária
20/09/2018 - 13:20   Operação Fronteira Segura é deflagrada no combate ao tráfico de drogas e armas
20/09/2018 - 13:00   Gorete Milagres volta à TV com personagem em Malhação
20/09/2018 - 12:34   Senai monta showroom de soluções para indústria do vestuário no ´Sebrae Inspira´
20/09/2018 - 12:31   Sesi abre inscrições para palestra "IST/HIV e Combate ao uso de Drogas" em 4 cidades
20/09/2018 - 12:29   Sesi de Tocantins conhece modelo de negócios do Sesi de Mato Grosso do Sul
20/09/2018 - 12:12   Itaporã é vice-campeã de Judô dos JOJUMS 2018
20/09/2018 - 09:09   Mulher é presa com tabletes de maconha que iriam para Goiás
20/09/2018 - 09:07   Ipea confirma tendência ao desalento no mercado de trabalho
20/09/2018 - 08:57   Pernambucanos são presos na região por golpe da dedetização
20/09/2018 - 08:55   Carreta que saiu de Dourados tomba após motorista perder o controle
20/09/2018 - 08:53   ONU apela para que indígenas tenham mais atenção das autoridades
20/09/2018 - 08:50   Agente fica ferido em acidente no mesmo local onde colega morreu
20/09/2018 - 08:50   Delegacia que municiava Odilon vai investigá-lo
20/09/2018 - 08:47   Puccinelli faz 2 meses na prisão sem perspectiva de ter novo HC julgado
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!