Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 17 de Julho de 2018





Racismo é origem do atual formato das cidades brasileiras, dizem especialistas
É importante que o cidadão consiga participar ativamente das decisões sobre a cidade porque elas afetam as pessoas


10 de Julho de 2018 - 13:27           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Racismo é origem do atual formato das cidades brasileiras, dizem especialistas

 
 
Especialistas apontam o racismo como o grande responsável pela divisão das cidades brasileiras da maneira como elas estão hoje: pobres e negros morando nas periferias e brancos ricos morando em bairros melhores.

O racismo como divisor das cidades foi tema de audiência pública realizada pela Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados na quinta-feira (5/7).

A arquiteta Joice Berth lembrou que o problema começou justamente após a abolição da escravatura, no século XIX, quando foi editado o código de postura, com regras que proibiam a posse de terra por negros e uma legislação que facilitava a aquisição de terras por imigrantes europeus.

"O estruturador social é o racismo. Então, a gente tem que trabalhar a partir dele para pensar nessas desigualdades sociais que vão sendo espelhadas, produzidas e reproduzidas no espaço das nossas cidades.

Não tem como a gente falar em direito à cidade, em cidades sustentáveis sem considerar as desigualdades e a raiz delas, que são o racismo e o machismo."

A promotora de Justiça da Bahia Lívia Santana afirmou que, por falta de estrutura, a população negra nas periferias está mais vulnerável à violência e, por isso, o Estado precisa investir em equipamentos que garantam segurança, educação e lazer.

"Há necessidade realmente de se fazer uma participação ativa do Estado, mas também do cidadão. É importante que o cidadão consiga participar ativamente das decisões sobre a cidade porque elas afetam as pessoas.

Então, o direito à cidade ainda é, no nosso país, por conta do racismo institucional, um direito racialmente condicionado."

O deputado João Daniel (PT-SE) lembrou que existe uma dívida histórica no Brasil em relação aos negros e, por isso, políticas públicas de igualdade não devem sair da pauta de discussão da Câmara.

"O Brasil é um dos poucos países que fez legalmente a abolição, a libertação dos escravos, mas não fez a distribuição da terra, que é o grande problema desse país, não fez a reforma agrária, não fez a reforma urbana."

Um caso que mobilizou os movimentos sociais foi lembrado na audiência. No início deste ano, após pedido da prefeitura de Belo Horizonte, a Justiça autorizou o despejo de Vilma Eustáquia da Silva, de 73 anos, e a demolição da casa onde ela vivia desde que nasceu.

O município alega que o imóvel, comprado pelo pai dela quando trabalhou na construção de Belo Horizonte nos anos de 1920, é público.

A filha de Vilma, Heloiza Helena, esteve na Câmara e informou que o despejo foi suspenso pela prefeitura, mas em caráter provisório, enquanto a mãe for viva.

Ela informou que o IPTU do terreno onde está a casa da mãe está sendo pago desde 1930, o que indicaria o direito de propriedade de Vilma.


Por Agência Câmara Notícias










Plantão

.
17/07/2018 - 22:20   Jovem tira a própria vida e choca Maracaju
17/07/2018 - 21:31   PRF apreende cerca de cinco toneladas de maconha em Dourados
17/07/2018 - 16:23   Morre primeira dama de Eldorado, Andréia Maciel Santos
17/07/2018 - 16:20   Especialistas mundiais debatem práticas de bem-estar de suínos e aves na Embrapa
17/07/2018 - 16:17   Ladrões invadem propriedade rural e furtam soja avaliada em R$ 70 mil
17/07/2018 - 16:03   Pontos em obras exigem interferência no tráfego da BR-163/MS
17/07/2018 - 15:16   Artigo: Crianças podem desenvolver TOC - De Luciana Brites
17/07/2018 - 14:41   Promotora faz visita surpresa e descobre que bioquímico de posto de saúde trabalha em outra cidade
17/07/2018 - 14:14   Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
17/07/2018 - 14:06   PMA captura anta com ferimentos em rancho de Coxim
17/07/2018 - 14:05   54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o País
17/07/2018 - 11:20   Operação em MS mira grupo que clonava telefones de políticos
17/07/2018 - 11:20   Integrante de facção criminosa é assassinada enquanto tomava tereré
17/07/2018 - 11:17   Bruna Marquezine posta selfie de roupão e ganha elogios de famosos
17/07/2018 - 11:17   Publicado decreto que antecipa parcela do 13º para aposentados
17/07/2018 - 11:15   Ipê-Amarelo se torna árvore símbolo do Estado de Mato Grosso do Sul
17/07/2018 - 11:14   Cármen Lúcia assume interinamente a Presidência da República
17/07/2018 - 11:12   Acidente envolvendo caminhões deixa uma pessoa presa às ferragens
17/07/2018 - 11:12   Escola Senai da Construção inicia dois cursos gratuitos para soldados do Exército
17/07/2018 - 10:05   Ex vereador cobra cumprimento da Lei que proíbe colocar faixas de anúncios em bens públicos municipais em Itaporã
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!