Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018





Promotor recomenda semiaberto para madrasta de Isabella Nardoni
Carolina Jatobá já cumpriu 40% da pena em regime fechado


19 de Junho de 2017 - 11:31           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Promotor recomenda semiaberto para madrasta de Isabella Nardoni

 
 
O programa "Fantástico", da Rede Globo, divulgou neste domingo (18) o laudo dos exames criminológicos periciais que podem transferir Anna Carolina Jatobá, madrasta da menina Isabella Nardoni, para o regime semiaberto. Tanto o promotor do caso quanto o presídio de Tremembé recomendam o semiaberto à madrasta.

No depoimento à perícia, Carolina Jatobá disse que não se sentia "culpada, nem arrependdida", pois é inocente. Ela já cumpriu 40% da pena, tempo mínimo para ser autorizada a ser transferida para o semiaberto.

Nos documentos, Jatobá diz ter aprendido a ser mais paciente na prisão. Ela ainda afirma que pretende continuar casada com Alexandre Nardoni, pai da menina Isabella e também condenado pela morte da filha.

Anna Carolina manteve a versão contada durante o julgamento, em que nega ter matado Isabella e afirma que Alexandre subiu com a garota sozinho, deixando-a com os filhos pequenos na garagem. "Quando subimos, já tinha acontecido".

SAIBA MAIS
Mãe de Isabella Nardoni fala sobre nova gravidez após a morte da filha
Oito anos após a condenação por homicídio triplamente qualificado, o casal nunca assumiu a culpa pela morte da criança. O pai Alexandre foi condenado a 30 anos e dois meses de prisão, e a esposa a 26 anos e oito meses, ambos em regime fechado.

Caso consiga o regime semiaberto, Carolina Jatobá poderá sair durante os dias para trabalhar e terá de regressar ao presídio à noite para dormir. O promotor responsável, Luiz Marcelo Negrini, disse ter decidido autorizar a progressão da pena.

Já o pai Alexandre trabalha restaurando carteiras escolares. Se mantiver o mesmo esquema de trabalho, poderá entrar com o pedido de transferência para o semiaberto em julho de 2019.

(com supervisão de Evelin Cáceres)










Plantão

.
22/01/2018 - 11:00   Cármen Lúcia suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho
22/01/2018 - 10:40   Ascensão de bilionários no Brasil foi recorde em 2017, aponta pesquisa0
22/01/2018 - 10:20   Na reta final, Tite quer jogos contra seleções do Mundial
22/01/2018 - 10:00   De novo sem torcida e com presidente novo, Vasco desencanta e vence
22/01/2018 - 09:40   De virada, Corumbaense vence bem e sai na frente por vaga na Copa Verde
22/01/2018 - 09:20   Em recuperação, Pelé diz estar pronto para acompanhar Brasil na Copa
22/01/2018 - 09:00   Fundos patrimoniais são saída para sustentabilidade financeira de ONGs
22/01/2018 - 08:40   Trump diz que Senado deve mudar regras se impasse continuar
22/01/2018 - 08:20   Trump diz que Senado deve mudar regras se impasse continuar
22/01/2018 - 08:12   Empresários promovem dias 28, 29 e 30 de janeiro na Capital a 6ª Feira de Calçados, Couros e Acessórios
22/01/2018 - 08:00   Eleição 2018: Partidos já negociam aliança política
22/01/2018 - 07:40   Estado muda regras para aumentar a arrecadação
22/01/2018 - 07:20   Criação de leitos, SUS regride e em dois anos sofre queda de 90%
22/01/2018 - 07:00   Carro bate em árvore, uma pessoa morre e outra fica ferida em Dourados
22/01/2018 - 06:42   Depois do domingo quente, inicio de semana começa chuva em Itaporã
22/01/2018 - 06:16   Homem é executado a tiros de pistola na frente da esposa em borracharia
21/01/2018 - 09:00   Banho de sol em plena Avenida chama atenção e mobiliza polícia em Maracaju
20/01/2018 - 13:40   Brasileiros de todas as classes têm dificuldade para poupar
20/01/2018 - 13:20   Falta clareza em acordo que permite retomada do Aquário do Pantanal
20/01/2018 - 13:00   Defesa Civil registra 18 municípios que decretaram emergência
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!