Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 24 de Junho de 2017





Promotor recomenda semiaberto para madrasta de Isabella Nardoni
Carolina Jatobá já cumpriu 40% da pena em regime fechado


19 de Junho de 2017 - 11:31           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Promotor recomenda semiaberto para madrasta de Isabella Nardoni

 
 
O programa "Fantástico", da Rede Globo, divulgou neste domingo (18) o laudo dos exames criminológicos periciais que podem transferir Anna Carolina Jatobá, madrasta da menina Isabella Nardoni, para o regime semiaberto. Tanto o promotor do caso quanto o presídio de Tremembé recomendam o semiaberto à madrasta.

No depoimento à perícia, Carolina Jatobá disse que não se sentia "culpada, nem arrependdida", pois é inocente. Ela já cumpriu 40% da pena, tempo mínimo para ser autorizada a ser transferida para o semiaberto.

Nos documentos, Jatobá diz ter aprendido a ser mais paciente na prisão. Ela ainda afirma que pretende continuar casada com Alexandre Nardoni, pai da menina Isabella e também condenado pela morte da filha.

Anna Carolina manteve a versão contada durante o julgamento, em que nega ter matado Isabella e afirma que Alexandre subiu com a garota sozinho, deixando-a com os filhos pequenos na garagem. "Quando subimos, já tinha acontecido".

SAIBA MAIS
Mãe de Isabella Nardoni fala sobre nova gravidez após a morte da filha
Oito anos após a condenação por homicídio triplamente qualificado, o casal nunca assumiu a culpa pela morte da criança. O pai Alexandre foi condenado a 30 anos e dois meses de prisão, e a esposa a 26 anos e oito meses, ambos em regime fechado.

Caso consiga o regime semiaberto, Carolina Jatobá poderá sair durante os dias para trabalhar e terá de regressar ao presídio à noite para dormir. O promotor responsável, Luiz Marcelo Negrini, disse ter decidido autorizar a progressão da pena.

Já o pai Alexandre trabalha restaurando carteiras escolares. Se mantiver o mesmo esquema de trabalho, poderá entrar com o pedido de transferência para o semiaberto em julho de 2019.

(com supervisão de Evelin Cáceres)










Plantão

.
24/06/2017 - 10:50   Três Lagoas recebe feira de imóveis neste final de semana
24/06/2017 - 10:40   Deslizamento de terra deixa 5 mortos e 120 desaparecidos na China
24/06/2017 - 10:35   Vereadoras Lourdes Struziati, Célia Frota e Marlei vistoriam obras da Creche Milton Menani
24/06/2017 - 10:30   Jovem de 27 anos é assassinado com três tiros na cabeça
24/06/2017 - 10:20   Preso homem que pretendia vender droga para comprar casa para a esposa
24/06/2017 - 10:10   Compra de um milhão de tiras reagentes deve amenizar situação de pacientes
24/06/2017 - 10:00   Se dizendo policial, homem invade residência e tenta matar mulher a facadas
24/06/2017 - 09:50   Quina de São João sorteia prêmio de R$ 130 milhões em Campina Grande
24/06/2017 - 09:40   Justiça suspende greve de médicos marcada para acontecer na segunda-feira
24/06/2017 - 09:30   Governo Michel Temer tem aprovação de 7% e reprovação de 69%
24/06/2017 - 09:20   Provocação de Azambuja abre brecha para alteração ou anulação de delação
24/06/2017 - 09:20   Sábado amanhece com termômetros registrando 12ºC no Estado
24/06/2017 - 09:10   Polícias em alerta contra ameaça de ataques a bancos na fronteira
24/06/2017 - 08:50   É preciso dar voz às pessoas e diversidade de opinião, diz Zuckerberg
24/06/2017 - 08:40   Raça Negra terá sucesso ´Didididiê´ gravado em inglês e espanhol
24/06/2017 - 08:30   Primeira-ministra da Noruega cita Lava Jato e pede ´limpeza´ a Temer
24/06/2017 - 08:20   Presidente do Conselho de Ética arquiva pedido de cassação de Aécio Neves
24/06/2017 - 08:10   Pudim de caneca maravilhoso fica pronto em apenas 2 minutos
24/06/2017 - 08:00   Perícia da PF conclui que não houve edição em áudio de Joesley com Temer
24/06/2017 - 07:50   Suspensão de venda da carne aos EUA gera preocupação ao mercado pecuário de MS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!