Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 21 de Agosto de 2018





Policiais são condenados de 8 a 10 anos por concussão e sequestro



10 de Agosto de 2018 - 16:47           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Nesta quinta-feira (09/08), os sete Policias Militares denunciados pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul foram condenados pelos crimes de concussão e sequestro. As penas variam de 8 até 10 anos de prisão em regime fechado.

Na ocasião, em uma operação que contou com a participação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), foram presos em flagrante dois policiais. Já no dia 05 de dezembro de 2017, o Juiz de Direito da Justiça Militar Estadual decretou a prisão preventiva dos outros Policiais Militares envolvidos nos crimes.

As penas são correspondentes aos crimes de sequestro e concussão, em razão da cobrança de propina para liberação de uma carga de cigarros contrabandeados e por terem restringido a liberdade de locomoção do motorista da carreta durante todo o dia.

O julgamento, com duração de aproximadamente três horas, foi presidido pelo Juiz de Direito auditor Alexandre Antunes da Silva, da Vara da Justiça Militar Estadual, e o MPMS foi representado pela Promotora de Justiça Tathiana Correa Pereira da Silva Façanha.

Operação

Outros policiais militares também foram alvo de complexa investigação desenvolvida pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio do Gaeco.

A operação “Oiketicus” foi deflagrada, na data de 16 de maio deste ano, quando o GAECO e a Corregedoria da Polícia Militar cumpriram 20 mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e 45 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da Auditoria Militar.

Participaram da operação cerca de 125 Policiais Militares e 9 Promotores de Justiça. Os mandados tiveram como alvo as residências e locais de trabalhos de todos os investigados, distribuídos nos municípios de Campo Grande, Dourados, Jardim, Bela Vista, Bonito, Naviraí, Maracaju, Três Lagoas, Brasilândia, Mundo Novo, Nova Andradina, Boqueirão, Japorã, Guia Lopes, Ponta Porã e Corumbá.

As investigações do Gaeco visavam ao desbaratamento de organização criminosa composta por Policiais Militares que atuavam, primordialmente, na facilitação do contrabando de cigarros.


Dourados News











Plantão

.
20/08/2018 - 23:27   APAE de Itaporã abre a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla
20/08/2018 - 22:49   Uma mulher foi presa e acusada de embriaguez ao volante em Itaporã
20/08/2018 - 16:39   Carreata do Zé Gotinha alerta sobre importância da vacinação infantil
20/08/2018 - 16:25   MPE pede que TSE recuse candidatura de Lula: ´Está inelegível´
20/08/2018 - 16:16   TRE-MS disponibiliza sistema para denúncias de práticas eleitorais ilegais
20/08/2018 - 16:15   Menina denuncia padrasto após estupros em série
20/08/2018 - 16:14   Fechamento de fronteira com Venezuela é impensável, diz Etchegoyen
20/08/2018 - 16:13   Baixa procura faz aérea cancelar voo entre Campo Grande e Assunção
20/08/2018 - 16:08   Estudante assassinada no Paraguai é filha de ex-prefeito no MT
20/08/2018 - 15:40   Governo define medidas para solucionar entrada de venezuelanos em Roraima
20/08/2018 - 14:35   Mais de 500 candidatos usam títulos religiosos no nome de urna
20/08/2018 - 14:05   Papa apela a católicos que ajudem a combater abusos
20/08/2018 - 13:56   Exército diz que 1,2 mil venezuelanos saíram do Brasil após violência
20/08/2018 - 13:45   Sicredi celebra 30 anos com festa para família no Belmar Fidalgo na véspera do aniversário da Capital
20/08/2018 - 13:35   Plano econômico de Nicolás Maduro entra em vigor na Venezuela
20/08/2018 - 13:03   Acusado da morte de Elvis Neguinho tem prisão preventiva decretada
20/08/2018 - 12:50   Felipe Fraga e Ricardo Zonta foram os ´nomes´ da sétima etapa da Stock Car
20/08/2018 - 12:35   Polícia apreende 800 mil maços de cigarros km 21 da BR-463 em Dourados
20/08/2018 - 12:25   Rauali Kind Mascarenhas é o novo Delegado de Policia Civil em Itaporã
20/08/2018 - 12:20   Alckmin pode perder tempo de propaganda na TV e rádio
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!