Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 24 de Junho de 2017





Polícia Ambiental autua 12 e aplica R$ 15 mil em multas durante operação
Os trabalhos foram finalizados na manhã de hoje (19)


19 de Junho de 2017 - 14:00           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Operação teve uma autuação a menos que no ano passado - Foto: PMA

 
 
A Operação Corpus Christi da Polícia Militar Ambiental (PMA) terminou hoje às 7 horas totalizando 12 autuações. Uma a menos que a operação do ano passado. Das 12 ocorrências, sete foram por pesca, sendo duas pessoas presas por pesca predatória e cinco casos de pesca sem licença, o que não é crime. As demais infrações foram: uma por transporte ilegal de madeira, uma por caça ilegal, duas por desmatamento e uma por transporte ilegal de produto perigoso (GLP).

Além de 22 quilos de pescado apreendidos neste ano, também houve aumento na apreensão de redes e de anzóis de galho. Porém, a PMA verificou poucos pescadores nos rios do Estado.

Os valores em multas foram inferiores à operação anterior. Foram R$ 15.060,00 contra R$ 42.350,00 da operação passada.

Com relação a crimes de natureza diferente à ambiental, houve a prisão de duas pessoas por porte e posse ilegal de arma.

A fiscalização contou com 270 homens e as atividades começaram no dia 14 de junho. 

A operação objetivou colocar o efetivo nos rios, em barreiras nas estradas, fiscalização em propriedades rurais, em locais de belezas naturais de prática de turismo cênico e de recreio e outras variáveis de interesse ambiental, para prevenir e combater infrações e crimes que pudessem degradar esses recursos naturais.

As 25 subunidades da PMA intensificaram a fiscalização em suas respectivas áreas, colocando inclusive, o efetivo administrativo em campo. A sede, em Campo Grande, atuou com três equipes itinerantes, que trabalharam na região de Corumbá, na fronteira com Paraguai e Bolívia, e cobrindo a região do rio Aquidauana, de Corguinho (MS) ao Distrito de Camisão, em Aquidauana.










Plantão

.
24/06/2017 - 10:50   Três Lagoas recebe feira de imóveis neste final de semana
24/06/2017 - 10:40   Deslizamento de terra deixa 5 mortos e 120 desaparecidos na China
24/06/2017 - 10:35   Vereadoras Lourdes Struziati, Célia Frota e Marlei vistoriam obras da Creche Milton Menani
24/06/2017 - 10:30   Jovem de 27 anos é assassinado com três tiros na cabeça
24/06/2017 - 10:20   Preso homem que pretendia vender droga para comprar casa para a esposa
24/06/2017 - 10:10   Compra de um milhão de tiras reagentes deve amenizar situação de pacientes
24/06/2017 - 10:00   Se dizendo policial, homem invade residência e tenta matar mulher a facadas
24/06/2017 - 09:50   Quina de São João sorteia prêmio de R$ 130 milhões em Campina Grande
24/06/2017 - 09:40   Justiça suspende greve de médicos marcada para acontecer na segunda-feira
24/06/2017 - 09:30   Governo Michel Temer tem aprovação de 7% e reprovação de 69%
24/06/2017 - 09:20   Provocação de Azambuja abre brecha para alteração ou anulação de delação
24/06/2017 - 09:20   Sábado amanhece com termômetros registrando 12ºC no Estado
24/06/2017 - 09:10   Polícias em alerta contra ameaça de ataques a bancos na fronteira
24/06/2017 - 08:50   É preciso dar voz às pessoas e diversidade de opinião, diz Zuckerberg
24/06/2017 - 08:40   Raça Negra terá sucesso ´Didididiê´ gravado em inglês e espanhol
24/06/2017 - 08:30   Primeira-ministra da Noruega cita Lava Jato e pede ´limpeza´ a Temer
24/06/2017 - 08:20   Presidente do Conselho de Ética arquiva pedido de cassação de Aécio Neves
24/06/2017 - 08:10   Pudim de caneca maravilhoso fica pronto em apenas 2 minutos
24/06/2017 - 08:00   Perícia da PF conclui que não houve edição em áudio de Joesley com Temer
24/06/2017 - 07:50   Suspensão de venda da carne aos EUA gera preocupação ao mercado pecuário de MS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!