Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018





Polícia Ambiental autua 12 e aplica R$ 15 mil em multas durante operação
Os trabalhos foram finalizados na manhã de hoje (19)


19 de Junho de 2017 - 14:00           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Operação teve uma autuação a menos que no ano passado - Foto: PMA

 
 
A Operação Corpus Christi da Polícia Militar Ambiental (PMA) terminou hoje às 7 horas totalizando 12 autuações. Uma a menos que a operação do ano passado. Das 12 ocorrências, sete foram por pesca, sendo duas pessoas presas por pesca predatória e cinco casos de pesca sem licença, o que não é crime. As demais infrações foram: uma por transporte ilegal de madeira, uma por caça ilegal, duas por desmatamento e uma por transporte ilegal de produto perigoso (GLP).

Além de 22 quilos de pescado apreendidos neste ano, também houve aumento na apreensão de redes e de anzóis de galho. Porém, a PMA verificou poucos pescadores nos rios do Estado.

Os valores em multas foram inferiores à operação anterior. Foram R$ 15.060,00 contra R$ 42.350,00 da operação passada.

Com relação a crimes de natureza diferente à ambiental, houve a prisão de duas pessoas por porte e posse ilegal de arma.

A fiscalização contou com 270 homens e as atividades começaram no dia 14 de junho. 

A operação objetivou colocar o efetivo nos rios, em barreiras nas estradas, fiscalização em propriedades rurais, em locais de belezas naturais de prática de turismo cênico e de recreio e outras variáveis de interesse ambiental, para prevenir e combater infrações e crimes que pudessem degradar esses recursos naturais.

As 25 subunidades da PMA intensificaram a fiscalização em suas respectivas áreas, colocando inclusive, o efetivo administrativo em campo. A sede, em Campo Grande, atuou com três equipes itinerantes, que trabalharam na região de Corumbá, na fronteira com Paraguai e Bolívia, e cobrindo a região do rio Aquidauana, de Corguinho (MS) ao Distrito de Camisão, em Aquidauana.










Plantão

.
19/01/2018 - 14:40   De férias com a família, Ticiane Pinheiro usa vestido de 30 mil na praia. Fotos
19/01/2018 - 14:20   Wanessa Camargo fica fora de desfile da Mocidade no Carnaval: ‘Decisão difícil’
19/01/2018 - 14:17   Ao todo, contratos custarão R$ 867,9 mil aos cofres estaduais
19/01/2018 - 14:08   Governo anuncia construção de 100 casas populares no interior do Estado
19/01/2018 - 14:06   Motociclista de 40 anos morre atropelado por carro na rodovia MS-487
19/01/2018 - 14:00   Filho de Patricia Abravanel abraça a irmã recém-nascida, Jane: ‘Amor’
19/01/2018 - 12:20   Joãozinho Engraxate´ morre aos 66 anos em Dourados
19/01/2018 - 12:00   Conselho define procedimentos para saque de cotas do PIS/Pasep
19/01/2018 - 11:40   Acidentes graves em rodovias federais caem 7,5% em 2017; número de multas sobe
19/01/2018 - 10:40   Homem que estava caçando é preso pela Polícia Ambiental ao tentar fugir; armas e munições são apreendidas
19/01/2018 - 10:20   Taylor Swift e sua família são ameaçados de morte por perseguidor da cantora, diz site
19/01/2018 - 10:00   Entregas de uniformes em escolas da Rede Estadual começam com um mês de antecedência
19/01/2018 - 09:58   Mãe abre portão e filho acaba esfaqueado por vizinho
19/01/2018 - 09:26   Ministério da Educação reconhece 50 cursos de ensino superior
19/01/2018 - 09:19   Entregas de uniformes em escolas da Rede Estadual começam com um mês de antecedência
19/01/2018 - 08:53   Vídeo produzido por produtores de Sidrolândia viraliza nas redes sociais de Bolsonaro
19/01/2018 - 08:45   Terminam hoje inscrições para vagas com salários de até R$ 8,4 mil
19/01/2018 - 08:40   Chuva abre cratera em rodovia de MS, carro cai e duas pessoas ficam feridas
19/01/2018 - 08:20   MS quer Maracaju como ponto de partida da Ferroeste
19/01/2018 - 08:07   Prazo para segunda etapa de matriculas na rede estadual termina nesta 6ª feira
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!