Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018





Paulo Maluf se entrega à Polícia Federal em São Paulo



20 de Dezembro de 2017 - 10:00           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O deputado Paulo Maluf (PP-SP), de 86 anos, se apresentou hoje (19) pela manhã à Superintendência da Polícia Federal, na zona oeste de São Paulo, de acordo com o seu advogado, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay. Maluf foi acusado de receber propina de contratos públicos com empreiteiras no período em que foi prefeito de São Paulo (1993-1996).

O advogado informou que vai entrar, ainda hoje, com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Edson Fachin determinou que a pena de mais de sete anos seja cumprida imediatamente, em regime fechado.

Paulo Salim Maluf havia entrado com embargos de declaração para tentar reverter a condenação, mas o recurso foi negado em outubro pela Primeira Turma do STF. Depois, os advogados do parlamentar entraram com novo embargo visando reduzir a pena, mas Fachin entendeu que o novo recurso não seria mais cabível. A sentença contra Maluf definiu também que o deputado perca o mandato parlamentar.

Entenda o caso

Pelo placar de 4 a 1, Maluf foi condenado em maio pela Primeira Turma do STF. O colegiado entendeu que ele movimentou quantias milionárias em recursos ilícitos localizados em contas nas Ilhas Jersey. Apesar de julgar pela prescrição do crime de corrupção passiva, os ministros votaram pela condenação por lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Maluf recebeu propina de contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS. Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi de cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de 10 anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo Tribunal Federal assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado.

Defesa

Por meio de nota, o advogado criticou a decisão de Fachin. Para o defensor, por ter recebido um voto favorável por sua absolvição no julgamento da Primeira Turma, o deputado deveria ter direito a apresentar recurso ao plenário. Kakay disse que irá pedir à presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, para reverter a decisão que negou a última apelação de seu cliente.

"Esta decisão do ministro Fachin vem ao encontro deste momento punitivo e dos tempos estranhos pelos quais passamos", disse o advogado. "Confiamos que a presidência do tribunal devolverá o direito do deputado de ver seu recurso ser analisado pelo pleno do Supremo" finalizou Kakay.


Agência Brasil












Plantão

.
18/01/2018 - 07:29   MS deve ter investimentos de R$ 11 bi de indústrias até 2019
17/01/2018 - 07:20   Agronegócio exporta 16% a mais em MS e fatura US$ 4,5 bi
16/01/2018 - 07:45   Suspeitos de abandonar bebê de 6 meses em saco plástico são ouvidos pela polícia
15/01/2018 - 14:00   Proprietário rural desmata 43 hct e recebe multa de mais de R$ 43,2 mi
15/01/2018 - 13:00   Segunda etapa de efetivação de matrículas na Rede Estadual começa hoje
15/01/2018 - 12:48   Bandido invade loja de roupa country em Dourados e furta produtos
12/01/2018 - 13:19   Situação está brava para Ricardo, que ganhou até anúncio em busca de amor
12/01/2018 - 11:43   Governo intensifica combate à dengue e número de mortos pela doença cai 84%
12/01/2018 - 11:39   Diesel e gasolina voltam a subir em refinarias anuncia Petrobras
12/01/2018 - 11:37   Quem for viajar deve tomar segunda vacina contra febre amarela
09/01/2018 - 18:18   Brasileiro e paraguaio são executados a tiros por suspeito de moto na fronteira
04/01/2018 - 17:51   Dagoberto gastou quase meio milhão com cotas parlamentares
29/12/2017 - 09:23   Sexta-feira será de tempo instável em Mato Grosso do Sul
28/12/2017 - 15:53   Forças Armadas apreenderam 10,8 mil armas em presídios de MS e seis estados
20/12/2017 - 08:00   Flamengo só será julgado em 2018 por confusão na final da Sul-Americana
20/12/2017 - 06:52   Sancionada lei que facilita pagamento de emendas parlamentares
19/12/2017 - 17:11   50 mil motoristas do Mato Grosso do Sul foram capacitados com simulador de direção
19/12/2017 - 14:32   Sucessão estadual - Futuro governador do Estado seria definido no segundo turno
19/12/2017 - 14:02   Papai Noel é apedrejado no interior de SP após doces acabarem
13/12/2017 - 13:30   Azambuja diz que reeleição não deu certo no Brasil e define candidatura em 2018
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!