Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018





Pastora Lanna Holder faz declaração para a esposa e deixa muito homem com inveja



13 de Junho de 2018 - 09:43           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

A pastora Lanna Holder, líder e fundadora da igreja “Cidade Refúgio”, fez uma emocionante declaração de amor à sua esposa, pastora e cantora gospel Rosania Rocha, em homenagem pelo dia dos namorados.

Juntas há cerca de 15 anos, as pastoras ficaram famosas e fizeram história no Brasil, sendo um dos primeiros casais de pastoras lésbicas a fundar uma igreja voltada ao público gay, apesar de sua igreja não se limitar apenas a ele.

Em seu Instagram, Lanna escreveu:

“Minha namorada … Não só hoje mais todos os dias eu celebro esse amor, essa união, essa comunhão, essa história. Lhe amo demais e lhe admiro muito. Vc é exemplo de caráter e sabedoria para minha vida. Feliz dia dos namorados  @rosaniarocha te amo”.

Como era de se esperar, Rosania retribuiu a declaração de Lanna, com uma mensagem ainda mais emocionante. Leia:

“.. Um amor assim não acontece todo dia …”
São 15 anos juntas , quinze anos de #valentinesday #together
Você enfeitou meus dias e me completou, sendo que nossa parceria tão natural , tão completa ,tem nos levado há nos conhecer mais e ter condições de doarmos mais do melhor de nós uma a outra ,e automaticamente a nossa família e parentes , a nossos amigos e irmãos . Um amor assim tão forte e real , tem este poder , de influenciar e cooperar com outros enquanto aqui e por causa disto sou tão #grata .
Eu te amo 4ever..!
Eu simplesmente amo NOS DUAS.

+ Assessoria de Priscila Alcântara ameaça processar quem a chamou de “Lésbica e drogada”

Lanna Holder e Rosania Rocha (Reprodução)

Lanna Holder e Rosania Rocha (Reprodução)

As mensagens de amor trocadas pelas pastoras, levaram seus seguidores ao delírio. Foram inúmeros comentários parabenizando-as pelo amor que sentem, e fazendo votos de felicidades.

Cantora gospel que assumiu ser lésbica, contrai doença incurável

Em agosto de 2014, o mundo gospel foi abalado com a notícia de que Vicky Beeching, uma importante cantora gospel americana, conhecida no cenário mundial, havia assumido sua homossexualidade e saído do armário.

Ela concedeu uma entrevista ao periódico inglês “The Independent”,  um dos mais importantes jornais do planeta. A cantora declarou ser gay, e que Deus a ama do jeito que ela é.

A cantora é uma das grandes representantes da Igreja Anglicana. Formada em Teologia em Oxford, na Inglaterra, Vicky Beeching também se popularizou ao comentar aspectos religiosos do dia a dia, conquistando hordas de fieis. Escrevendo canções gospel desde os 11 anos, a cantora já fechou contrato com duas gravadoras internacionais e vendeu milhões de discos no chamado “Cinturão da Bíblia” dos Estados Unidos.

Hoje, Vicky Beeching vive um drama pessoal, que compartilha com seus fãs nas redes sociais.

A cantora contraiu uma doença chamada: Síndrome da fadiga crônica, também conhecida como; Encefalomielite miálgica.

Vicky Beeching (Reprodução

Segundo o hospital Albert Einstein, a síndrome da fadiga crônica ocorre mais comumente em mulheres. A causa dessa condição é desconhecida, mas pode incluir fatores ambientais ou genéticos.

O principal sintoma é a fadiga por mais de seis meses. A fadiga geralmente piora com a prática de atividades, mas não melhora com repouso.
Como nenhuma causa ou cura para essa doença foi identificada, o tratamento é direcionado para aliviar os sintomas. Embora não haja um único tratamento que conserte a doença no seu núcleo, existem tratamentos que podem melhorar os sintomas, aumentar a função e permitir que as pessoas com ME/CFS se envolvam em atividades da vida diária.

Problemas de sono, dor, irregularidades do coração, dificuldades gastrointestinais, alergias e depressão são alguns dos sintomas que podem ser aliviados pelo tratamento.

As terapias alternativas também são muitas vezes exploradas na tentativa de aliviar os sintomas. Acupuntura, hidroterapia, yoga, tai chi e terapia de massagem foram encontrados para ajudar e são freqüentemente prescritos para o gerenciamento de sintomas.












Plantão

.
21/06/2018 - 16:01   Argentina perde para a Croácia, se complica na Copa e depende de terceiros
21/06/2018 - 15:55   Distribuidoras estão sem gás e afirmam que problema é na Petrobras
21/06/2018 - 15:53   Genro de Silvio Santos pode ser preso no aeroporto na volta dos EUA
21/06/2018 - 08:28   Câmara de Itaporã votará na próxima segunda projeto ´Mãos solidárias´
21/06/2018 - 08:22   Caminhão abandonado é encontrado pela PRF com três toneladas de maconha
21/06/2018 - 08:16   Cheque da desembargadora Tânia Borges é encontrado em investigação do Gaeco
21/06/2018 - 08:15   Trump assina ordem para manter crianças migrantes detidas junto com os pais
21/06/2018 - 08:14   Desembargador suspende depoimento de Lula em ação da Operação Zelotes
21/06/2018 - 08:13   Ativista pede punição a brasileiros que assediaram mulher na Rússia
21/06/2018 - 08:12   Supremo tem 5 votos para derrubar lei que proíbe sátiras em período eleitoral
21/06/2018 - 08:10   Governo de Mato Grosso do Sul é contrário à venda direta do etanol
21/06/2018 - 07:48   Motorista de trator morre depois de ser atingido na traseira por caminhonete
21/06/2018 - 07:45   Segundo a polícia, vítima de acidente fatal pode ter invadido a contramão
21/06/2018 - 07:44   PSD admite lançar Fábio ao governo com a desistência de pré-candidato
21/06/2018 - 07:37   Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
20/06/2018 - 18:43   49 crianças brasileiras estão separadas de pais nos EUA, diz nova lista
20/06/2018 - 17:38   Para Longen, instalação de montadora de veículos elétricos trará mais inovação a MS
20/06/2018 - 17:28   Itaporã adquiri triciclo para pintura de guias e sinalização horizontal
20/06/2018 - 16:30   Mala com ´simulacro de bomba´ é encontrada na Câmara dos Deputados
20/06/2018 - 14:57   Terceirização da Sanesul pode sair ainda nesse ano, diz Azambuja
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!