Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 21 de Agosto de 2018





Pão francês vai ficar 10% mais caro em Mato Grosso do Sul
O aumento tem relação com alta do dólar e seca na Argentina


15 de Maio de 2018 - 10:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Pão francês vai ficar 10% mais caro em Mato Grosso do Sul

 
 
O pão francês comercializado em Mato Grosso do Sul vai ficar 10%  mais caro. Esse aumento ocorre em decorrência da alta do dólar registrada nas últimas semanas e da seca na Argentina. A informação faz parte de um levantamento do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado (Sindepan/MS) junto às principais padarias de MS.

Conforme a pesquisa, o quilo vai sair de uma média de R$ 12,50 para R$ 13,75. O repasse deve ocorrer a partir de julho porque os moinhos que fornecem a farinha para as empresas do Estado estão com um bom estoque de trigo.

De acordo com o presidente do Sindepan/MS, Marcelo Novaes, essa majoração é motivo de preocupação para o segmento. “Com a crise, já estamos trabalhando com um preço elevado e muitas empresas tiveram de fechar as portas, principalmente porque os preços estão em descompasso com a situação econômica que estamos vivendo e isso faz com que os clientes procurem valores mais baixos”, declarou.

Ainda segundo ele, a Argentina, principal fornecedora de trigo para o Brasil, está sem disponibilidade para atender a total demanda dos moinhos brasileiros e isso começa a impactar no mercado interno a partir de julho.

“A Argentina passa pela pior seca dos últimos 40 anos e isso acabou influenciando nos preços do trigo”, explicou ele, acrescentando que a alta do dólar também interfere nos custos de produção e, consequentemente, nos valores repassados aos consumidores.

Além deste fator, segundo Novaes, tem a alta do dólar. “A elevada cotação da moeda americana, que vem ocorrendo ultimamente, com alta acumulada de 10,97%, é mais um fator que irá concorrer para o aumento do preço final do pão francês”, completou.

Novaes alertou ainda sobre o aumento em outros insumos como óleo, açúcar, fermento e embalagens que deverão ser repassados em breve por aquelas empresas que trabalham com confeitaria.

(*) Com assessoria 










Plantão

.
20/08/2018 - 23:27   APAE de Itaporã abre a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla
20/08/2018 - 22:49   Uma mulher foi presa e acusada de embriaguez ao volante em Itaporã
20/08/2018 - 16:39   Carreata do Zé Gotinha alerta sobre importância da vacinação infantil
20/08/2018 - 16:25   MPE pede que TSE recuse candidatura de Lula: ´Está inelegível´
20/08/2018 - 16:16   TRE-MS disponibiliza sistema para denúncias de práticas eleitorais ilegais
20/08/2018 - 16:15   Menina denuncia padrasto após estupros em série
20/08/2018 - 16:14   Fechamento de fronteira com Venezuela é impensável, diz Etchegoyen
20/08/2018 - 16:13   Baixa procura faz aérea cancelar voo entre Campo Grande e Assunção
20/08/2018 - 16:08   Estudante assassinada no Paraguai é filha de ex-prefeito no MT
20/08/2018 - 15:40   Governo define medidas para solucionar entrada de venezuelanos em Roraima
20/08/2018 - 14:35   Mais de 500 candidatos usam títulos religiosos no nome de urna
20/08/2018 - 14:05   Papa apela a católicos que ajudem a combater abusos
20/08/2018 - 13:56   Exército diz que 1,2 mil venezuelanos saíram do Brasil após violência
20/08/2018 - 13:45   Sicredi celebra 30 anos com festa para família no Belmar Fidalgo na véspera do aniversário da Capital
20/08/2018 - 13:35   Plano econômico de Nicolás Maduro entra em vigor na Venezuela
20/08/2018 - 13:03   Acusado da morte de Elvis Neguinho tem prisão preventiva decretada
20/08/2018 - 12:50   Felipe Fraga e Ricardo Zonta foram os ´nomes´ da sétima etapa da Stock Car
20/08/2018 - 12:35   Polícia apreende 800 mil maços de cigarros km 21 da BR-463 em Dourados
20/08/2018 - 12:25   Rauali Kind Mascarenhas é o novo Delegado de Policia Civil em Itaporã
20/08/2018 - 12:20   Alckmin pode perder tempo de propaganda na TV e rádio
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!