Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 27 de Maio de 2018





Pão francês vai ficar 10% mais caro em Mato Grosso do Sul
O aumento tem relação com alta do dólar e seca na Argentina


15 de Maio de 2018 - 10:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Pão francês vai ficar 10% mais caro em Mato Grosso do Sul

 
 
O pão francês comercializado em Mato Grosso do Sul vai ficar 10%  mais caro. Esse aumento ocorre em decorrência da alta do dólar registrada nas últimas semanas e da seca na Argentina. A informação faz parte de um levantamento do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado (Sindepan/MS) junto às principais padarias de MS.

Conforme a pesquisa, o quilo vai sair de uma média de R$ 12,50 para R$ 13,75. O repasse deve ocorrer a partir de julho porque os moinhos que fornecem a farinha para as empresas do Estado estão com um bom estoque de trigo.

De acordo com o presidente do Sindepan/MS, Marcelo Novaes, essa majoração é motivo de preocupação para o segmento. “Com a crise, já estamos trabalhando com um preço elevado e muitas empresas tiveram de fechar as portas, principalmente porque os preços estão em descompasso com a situação econômica que estamos vivendo e isso faz com que os clientes procurem valores mais baixos”, declarou.

Ainda segundo ele, a Argentina, principal fornecedora de trigo para o Brasil, está sem disponibilidade para atender a total demanda dos moinhos brasileiros e isso começa a impactar no mercado interno a partir de julho.

“A Argentina passa pela pior seca dos últimos 40 anos e isso acabou influenciando nos preços do trigo”, explicou ele, acrescentando que a alta do dólar também interfere nos custos de produção e, consequentemente, nos valores repassados aos consumidores.

Além deste fator, segundo Novaes, tem a alta do dólar. “A elevada cotação da moeda americana, que vem ocorrendo ultimamente, com alta acumulada de 10,97%, é mais um fator que irá concorrer para o aumento do preço final do pão francês”, completou.

Novaes alertou ainda sobre o aumento em outros insumos como óleo, açúcar, fermento e embalagens que deverão ser repassados em breve por aquelas empresas que trabalham com confeitaria.

(*) Com assessoria 










Plantão

.
26/05/2018 - 15:36   Caminhoneiros continuam protesto de forma pacífica em Mato Grosso do Sul
26/05/2018 - 15:21   Preso em batalhão dos bombeiros, Azeredo tem comida especial
26/05/2018 - 15:18   Miss Brasil 2017 diz que nova vencedora precisa ter ´gingado, brilho e borogodó´
26/05/2018 - 15:15   Com 66% dos votos, Irlanda decide pela legalização do aborto
26/05/2018 - 15:07   Seleção recebe familiares na Granja, e Marquezine visita Neymar
26/05/2018 - 14:02   Após negar redução do ICMS, governador se diz “a disposição das categorias”
26/05/2018 - 09:27   Festival América do Sul Pantanal movimenta Corumbá até domingo
26/05/2018 - 09:25   De topless, Bruna Marquezine deixa tatuagem a mostra em foto
26/05/2018 - 09:22   Homem é morto com facada nas costas enquanto escolhia músicas em bar
26/05/2018 - 09:20   Governo publica decreto que autoriza uso das Forças Federais
26/05/2018 - 09:19   Mega-Sena acumulada pode pagar prêmio de R$ 10 milhões neste sábado
26/05/2018 - 09:18   Homem é morto a tiros durante tentativa de assalto
26/05/2018 - 09:17   Soldado do Exército é preso acusado de furto de bicicleta
26/05/2018 - 09:15   Novoperário e Corumbaense buscam vagas na 2ª fase do Brasileiro
26/05/2018 - 09:14   Indígena é executado a tiros em plena luz do dia e polícia investiga
26/05/2018 - 09:13   Hospital Cassems cria oportunidades para jovens em situação de risco
25/05/2018 - 20:15   Itaporã fará ação mobilizadora no Dia Mundial sem Tabaco
25/05/2018 - 20:00   Itaporã fica sem transporte universitário até final da greve dos caminhoneiros
25/05/2018 - 14:43   Em reunião inédita, governador ouve demandas de cada um dos segmentos industriais do Estado
25/05/2018 - 12:35   Governo usará Exército para desobstruir rodovias, diz fonte
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!