Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018





Nova Lei: farmácias são obrigadas a coletar medicamentos vencidos em MSs
Legislação passa a valer a partir de hoje em Mato Grosso do Sul


16 de Abril de 2018 - 14:02           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Farmácias são obrigadas a coletar medicamentos vencidos em MS

 
 

Farmácias e drogarias instaladas em Mato Grosso do Sul devem manter em suas acomodações recipientes para a coleta de medicamentos, cosméticos e insumos farmacêuticos e correlatos, deteriorado ou com prazo de validade expirado.

A ideia já era para ter sido posta em prática no ano passado, contudo o governo estadual havia vetado a proposta.

A Assembleia Legislativa derrubou o veto e, conforme publicação nesta segunda-feira (16), no Diário Oficial do Estado, a Lei 5.180 passa a valer a partir de hoje em todo o Estado.

Pela lei, os donos de farmácias devem disponibilizar em seus estabelecimentos três recipientes, uma para medicamentos, um para cosméticos e um para outros insumos farmacêuticos vencidos, todos devidamente identificados.

Um dos artigos da regra nova, diz que “o material recolhido deve ser encaminhado para tratamento e ou disposição final ambientalmente adequado em empresas devidamente licenciadas”.

Os donos de farmácias não podem lançar os produtos “in natura a céu aberto, tanto em áreas urbanas quanto rurais; queima a céu aberto ou em recipientes, instalações ou equipamentos não adequados, não licenciados, conforme legislação vigente; lançamento na rede de esgoto;  em aterros sanitários (aterro de resíduos perigosos).”

Também “é vedado o reuso de medicamentos, cosméticos e insumos farmacêuticos e correlatos descartados na forma desta Lei para uso humano.”

Desobedecer a regra que entrou hoje em vigor resulta em multa.











Plantão

.
15/10/2018 - 12:39   Vereadora Célia Frota sugere limpeza de Cemitérios para o Dia de Finados
15/10/2018 - 11:52   Há quatro anos salvando vidas na BR-163/MS
15/10/2018 - 11:51   CCR MSVia prossegue com obras e serviços na BR-163/MS
15/10/2018 - 11:20   Bolsonaro afirma que vai resgatar o respeito em sala de aula
15/10/2018 - 11:19   Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
15/10/2018 - 11:06   Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
15/10/2018 - 11:04   Ganhadora de carro 0km do Grupo ABV é de Dourados
15/10/2018 - 10:59   MS inicia outubro com quase 90% da safra 2017/18 de soja comercializada
15/10/2018 - 09:10   Forças Armadas e Polícia Federal fazem operação no Rio de Janeiro
15/10/2018 - 09:07   Homenagem da Câmara de Itaporã aos professores
15/10/2018 - 09:00   Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores
15/10/2018 - 08:40   Acordo entre ministérios busca criar emprego para egressos de prisões
15/10/2018 - 08:30   Opas quer fortalecimento do SUS para atingir metas de desenvolvimento
15/10/2018 - 08:20   Fonoaudiólogo orienta professor otimizar e poupar a voz. Confira dicas
15/10/2018 - 08:10   Acidente com avião de pequeno porte deixa mortos na Alemanha
15/10/2018 - 08:00   Jovem corre atrás de ônibus em movimento, tenta forçar porta para entrar e morre atropelado
15/10/2018 - 07:50   Tite muda e adota mistério na seleção brasileira para enfrentar a Argentina
15/10/2018 - 07:49   Com novo limite para o 2º turno, candidatos já gastaram 4,8 milhões
15/10/2018 - 07:49   Policial aposentado morre quatro horas após se envolver em acidente
15/10/2018 - 07:47   Menino de 4 anos põe fogo em colchão de idosa acamada
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!