Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 20 de Outubro de 2018





Ministro estima reajuste do Bolsa Família e diz que orçamento para 2018 será maior



13 de Novembro de 2017 - 16:36           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, estimou que o Programa Bolsa Família deve ter um reajuste, no próximo ano, entre 0,5% e 1% acima da inflação. O orçamento para a pasta, segundo o ministro, deve alcançar R$ 91 bilhões o que, segundo Terra, superaria os aproximadamente R$ 80 bilhões atuais.

O ministro foi um dos nove chefes de pastas da União que estiveram no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (13), para o lançamento de um programa voltado para adolescentes e crianças de comunidades fluminenses. Também estiveram presentes o presidente Michel Temer, o governador Luiz Fernando Pezão e o prefeito do Rio, Marcelo Crivella.

"[O reajuste] Deve ser acima da inflação. Alguma coisa acima da inflação. Pode ser meio por cento, um por cento. Então, o que vai ter lá pelo mês de março e abril, vai ser por aí", estimou o ministro, que complementou dizendo que não vê problema no acréscimo vir em ano eleitoral.

Como o Orçamento deste ano prevê R$ 29,7 bilhões para o Bolsa Família e o Orçamento de 2018, R$ 28,7 bilhões, o G1 procurou o Ministério do Desenvolvimento Social para saber como será possível conceder reajuste aos beneficiários e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem.

Meta fiscal

Terra também avaliou que o reajuste para o programa foi possível, entre outros fatores, graças à nova meta fiscal. O anúncio do orçamento em 31 de agosto, segundo o ministro, não estava de acordo com a revisão da meta e o que chamou de "outro universo" fiscal.

"Teve um anúncio de orçamento, em 31 de agosto, que foi feito num universo sem a nova meta fiscal, e que também foi feito sem a gente saber como ia se comportar a receita. É claro que isso foi feito dois dias antes da nova meta fiscal, a receita já melhorou e temos um outro universo para trabalhar", explicou.

Sobre a expectativa de ter um orçamento para o próximo ano de R$ 91 bilhões, Terra disse que um dos fatores que contribuiu para o incremento foi a revisão dos pagamentos de auxílios-doença. Quase 85% dos beneficiários que recebem a ajuda federal, na verdade, estão aptos para trabalhar, segundo o ministro.

"Teve um programa nosso, gigantesco, que foi em cima do auxílio-doença, do INSS que tá vinculado, agora, ao meu ministério. Então, nós conseguimos reduzir só esse ano R$ 5 bilhões sde auxílio-doença que era pago indevidamente. E até o ano que vem vão ser R$ 19 bilhões, numa população de 1,7 milhão de pessoas que estavam recebido o auxílio-doença há mais de dois anos sem revisão, 85% está apto para o trabalho e não está precisando do auxílio", frisou o ministro.

Midiamax











Plantão

.
19/10/2018 - 16:53   Flagrado com mulheres e cerveja, goleiro Bruno perde direitos na prisão
19/10/2018 - 16:00   Depois de perseguição, dupla é presa com maconha em carro furtado
19/10/2018 - 15:40   Polícia Militar Ambiental apreende armas de caçador ilegal em Paraíso das Águas
19/10/2018 - 15:33   Depois de quatro anos Unidade da PRF é inaugurada em Sidrolândia
19/10/2018 - 15:02   Simone Tebet é cotada para assumir a presidência do Senado
19/10/2018 - 14:37   Juiz Eleitoral determina busca e apreensão em escritório ligado a campanha do PDT
19/10/2018 - 14:34   Em nota, PSDB-Mulher diz que não contratou serviços de envio de mensagens
19/10/2018 - 14:32   PM assassinado fazia ´bico´ como segurança em fábrica abandonada
19/10/2018 - 14:20   Estudo aponta que 54% dos municípios brasileiros têm plano de resíduos
19/10/2018 - 14:10   Três partidas agitam a noite de sexta da Série B
19/10/2018 - 14:00   Curso de Preparação para Adoção debate vinculação afetiva
19/10/2018 - 13:50   Procuradores podem se candidatar às vagas para o Conselho Superior do MPE
19/10/2018 - 13:36   Bonito recebe estadual de beach tennis no fim de semana
19/10/2018 - 13:36   Operações da CCR MSVia auxiliam execução de obras e serviços na BR-163/MS
19/10/2018 - 11:20   Bolsonaro e Haddad têm propostas antagônicas para direitos humanos
19/10/2018 - 11:06   PM é assassinado em fábrica abandonada de Campo Grande
19/10/2018 - 11:00   Termina hoje prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Exame de Seleção do IFMS
19/10/2018 - 10:50   PDT de Odilon prepara ação para anular eleições após denúncias contra Bolsonaro
19/10/2018 - 10:50   Bandidos furtam loja de ex-primeira dama e deixam prejuízo de R$ 10 mil
19/10/2018 - 10:12   Mais de 400 atletas das modalidades individuais disputam Jems e Jojums nesta sexta
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!