Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 21 de Abril de 2018





Manifestantes ocupam triplex atribuído a Lula no litoral de SP
Cerca de 50 integrantes do MST fazem parte do movimento


16 de Abril de 2018 - 12:43           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Manifestantes ocupam triplex atribuído a Lula no litoral de SP

 
 
Cerca de cinquenta manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo Sem Medo ocupam, na manhã desta segunda-feira (16), o triplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na Praia das Astúrias, em Guarujá, no litoral de São Paulo.

O protesto acontece nove dias após Lula se entregar para a Polícia Federal em São Bernardo do Campo e ser encaminhado para Curitiba. Ele está preso desde o último dia 7, após permanecer por dois dias na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O caso triplex causou a condenação de Lula por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é o primeiro ex-presidente do Brasil condenado por crime comum.

Os manifestantes chegaram ao local por volta das 8h30. "Se o triplex é do Lula, podemos permanecer. Se não é, por que ele está preso?", explica o manifestante do MTST, Josué Rocha. Segundo ele, mais de 50 pessoas estão dentro do triplex, e outros cem manifestantes estão em frente ao prédio.

O grupo estendeu faixas com mensagens: "Povo Sem Medo", "Se é do Lula, é nosso" e "Se não é, por que prendeu?", na sacada do triplex. "Queremos provocar essa discussão. Eles não têm provas de que o triplex é do Lula, não há nenhuma prova da propriedade, a condenação é uma farsa", conta o manifestante.

Rocha ainda explica que a entrada no triplex foi pacífica, sem nenhum registro de violência. Viaturas da Polícia Militar acompanham o protesto que não tem previsão de término.

Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro após o magistrado entender que a construtora OAS pagou R$ 2,2 milhões em propina a Lula por meio da entrega do triplex e reformas no imóvel. O recurso foi analisado por três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, nesta quarta-feira, e Lula acabou condenado em segunda instância por três votos a zero. Os desembargadores ainda aumentaram a pena para 12 anos e um mês de prisão.










Plantão

.
21/04/2018 - 11:39   NAVIRAI: Advogada morre de H3N2 ao dar entrada em hospital
21/04/2018 - 10:50   TJMS será inspecionado pela Corregedoria Nacional de Justiça na próxima semana
21/04/2018 - 10:47   Plantas comestíveis exóticas chamam atenção em feira de Dourados
21/04/2018 - 10:37   Caminhonete com família capota, esposa é arremessada e morre no local
21/04/2018 - 10:36   Índia aprova decreto que prevê pena de morte para estupro de menores de 12 anos
21/04/2018 - 10:35   Vizinho aproveita saída do pai e estupra menina de 11 anos em Dourados
21/04/2018 - 10:14   Grêmio negocia empréstimo de atacante da base ao Paysandu
21/04/2018 - 10:13   Embriagado, jovem chama policial de ´vagabundo´ e é preso por desacato
21/04/2018 - 10:10   Motociclista invade pista contrária e morre em acidente na MS-473
21/04/2018 - 09:29   Paraguai espera conclusão da rodovia Transchaco até 2020
21/04/2018 - 09:23   Carro de luxo furtado em São Paulo é recuperado em Água Clara
21/04/2018 - 09:20   Pavimentação em rodovia não avança e contrato pode ser rescindido
21/04/2018 - 09:04   Aposta do Distrito Federal fatura sozinha R$ 9,3 milhões da Mega-Sena
21/04/2018 - 09:00   Homem é esfaqueado por dívida de droga de R$ 10 na Capital
21/04/2018 - 08:40   Com indefinição no comando, Atlético-MG recebe Vitória pelo Brasileiro
21/04/2018 - 08:20   Caminhoneiro morre atropelado ao descer do veículo na BR-463
21/04/2018 - 08:15   Fila de 471 cirurgias bariátricas só será zerada em oito anos
20/04/2018 - 21:09   Bombeiros socorrem vítima de acidente em Amambai
20/04/2018 - 21:05   Denúncia anônima leva DOF até ‘arsenal de guerra’ em loja na Grande Dourados
20/04/2018 - 18:15   Em Itaporã, Reinaldo Azambuja entrega e anuncia obras e ganha título de cidadão.
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!