Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018





Mãe se nega a enterrar filha declarada morta por crer que ela ainda esteja viva
Certidão de óbito emitida no domingo (12) diz que Débora Isis Mendes de Gouveia, de 18 anos, morreu de infecção renal. Delegado de Rio Largo, em Alagoas, pediu nova avaliação médica.


14 de Novembro de 2017 - 17:57           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Uma mãe se recusa a enterrar a filha dada como morta há dois dias na cidade de Rio Largo, Região Metropolitana de Maceió. Mesmo com o atestado de óbito e com a jovem dentro de um caixão, Teresa Cristina Mendes, de 48 anos, diz acreditar que a filha não morreu. A Polícia Civil foi acionada.

"Ela não está morta. Ela tem sinais de vida. Ela não está com a temperatura de morto. Acredito que minha filha está viva", diz.

Débora Isis Mendes de Gouveia, 18 anos, deu entrada no Hospital Geral do Estado (HGE) no dia 6 de novembro com infecção urinária. O problema de saúde se agravou e ela teve uma infecção nos rins e precisou ser transferida.

No dia 8 de novembro, ela deu entrada no Hospital Vida, localizado na Jatiúca. No dia 12, às 14h10, a jovem foi dada como morta. Na certidão de óbito consta que ela morreu devido a infecção renal. Desde então, Débora Isis está dentro de um caixão, mas a família se nega a fazer o enterro.

"Antes de ir para o HGE, ela foi para o Hospital IB Gato Falcão. Lá eles aplicaram um soro sedativo e depois disso a menina começou a convulsionar e foi transferida para o HGE. Lá constataram infecção intestinal, urinária e generalizada. De lá, ela estava quase em coma quando foi transferida para o Hospital Vida, onde atestaram o óbito dela no domingo", disse o irmão Davi César Mendes, 15 anos, que também diz acreditar que a menina está viva.

Em entrevista ao G1, a mãe disse que a família tem histórico de catalepsia, um fenômeno que deixa a pessoa em um estado que pode ser confundido com a morte. Teresa afirmou que ela própria já passou por isso, quando tinha dois anos.

"Esse problema acontece na família. Quando deu um ataque em mim, eu tive uma dor muito forte na perna e eu fiquei assim, só retornei depois de quatro dias. Esse problema está se agravando e vem acontecendo na família", diz Teresa Cristina (veja no vídeo abaixo).











Plantão

.
13/12/2018 - 11:38   Polícia Militar em Itaporã intensifica policiamento no final de ano.
13/12/2018 - 10:33   Cardápio saboroso para esta quinta-feira no Restaurante e Choperia Rei dos Espetos
13/12/2018 - 10:01   Cirilo e Pepa são afastados pela Justiça e suplentes assumem hoje
13/12/2018 - 10:00   Operação contra tráfico e roubo termina com cinco presos em Dourados
13/12/2018 - 09:34   PF cumpre mandado de busca em investigação de ameaça a Bolsonaro
13/12/2018 - 09:29   Deputados votam 23 projetos hoje, 14 em regime de urgência
13/12/2018 - 09:00   Vereadores de Itaporã votaram projeto que estabelece Diretrizes de Saneamento Básico no Município
13/12/2018 - 08:50   Artigo: Os diversos papéis das mulheres e a importância da empatia
13/12/2018 - 08:47   3 motivos para fazer o curso técnico em segurança do trabalho do Senai em Nova Andradina
13/12/2018 - 08:39   Para Fiems, reforma do aeroporto de Campo Grande vai fomentar indústria do turismo
13/12/2018 - 08:29   Longen diz que projeto sobre incentivos aprovado na Câmara atrairá mais indústrias para MS
13/12/2018 - 08:24   “Corrida e Caminhada Copasul” reuniu mais de 200 participantes
13/12/2018 - 08:22   Temperaturas vão ficar acima da média histórica entre dezembro e fevereiro
13/12/2018 - 07:59   Geraldo vai assumir a saúde e Murilo a infraestrutura
13/12/2018 - 07:48   Jovem de 15 anos morre ao ser atingida por raio em Amambaí
12/12/2018 - 19:26   Adolescente morre afogado durante banho com amigos em lagoa
12/12/2018 - 19:23   Delegado e vereadora de Itaporã propõe conscientização sobre violência doméstica e sexual
12/12/2018 - 16:52   Encontro discute combate à violência contra a mulher nos municípios de fronteira
12/12/2018 - 16:50   Murilo e Geraldo são cotados para assumir secretarias no governo Azambuja
12/12/2018 - 16:39   Homem rodeado por jacarés é resgatado de riacho em MS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!