Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018





Mãe se nega a enterrar filha declarada morta por crer que ela ainda esteja viva
Certidão de óbito emitida no domingo (12) diz que Débora Isis Mendes de Gouveia, de 18 anos, morreu de infecção renal. Delegado de Rio Largo, em Alagoas, pediu nova avaliação médica.


14 de Novembro de 2017 - 17:57           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Uma mãe se recusa a enterrar a filha dada como morta há dois dias na cidade de Rio Largo, Região Metropolitana de Maceió. Mesmo com o atestado de óbito e com a jovem dentro de um caixão, Teresa Cristina Mendes, de 48 anos, diz acreditar que a filha não morreu. A Polícia Civil foi acionada.

"Ela não está morta. Ela tem sinais de vida. Ela não está com a temperatura de morto. Acredito que minha filha está viva", diz.

Débora Isis Mendes de Gouveia, 18 anos, deu entrada no Hospital Geral do Estado (HGE) no dia 6 de novembro com infecção urinária. O problema de saúde se agravou e ela teve uma infecção nos rins e precisou ser transferida.

No dia 8 de novembro, ela deu entrada no Hospital Vida, localizado na Jatiúca. No dia 12, às 14h10, a jovem foi dada como morta. Na certidão de óbito consta que ela morreu devido a infecção renal. Desde então, Débora Isis está dentro de um caixão, mas a família se nega a fazer o enterro.

"Antes de ir para o HGE, ela foi para o Hospital IB Gato Falcão. Lá eles aplicaram um soro sedativo e depois disso a menina começou a convulsionar e foi transferida para o HGE. Lá constataram infecção intestinal, urinária e generalizada. De lá, ela estava quase em coma quando foi transferida para o Hospital Vida, onde atestaram o óbito dela no domingo", disse o irmão Davi César Mendes, 15 anos, que também diz acreditar que a menina está viva.

Em entrevista ao G1, a mãe disse que a família tem histórico de catalepsia, um fenômeno que deixa a pessoa em um estado que pode ser confundido com a morte. Teresa afirmou que ela própria já passou por isso, quando tinha dois anos.

"Esse problema acontece na família. Quando deu um ataque em mim, eu tive uma dor muito forte na perna e eu fiquei assim, só retornei depois de quatro dias. Esse problema está se agravando e vem acontecendo na família", diz Teresa Cristina (veja no vídeo abaixo).











Plantão

.
20/09/2018 - 14:20   Oito cidades registram alto índice de incidência de dengue em Mato Grosso do Sul
20/09/2018 - 14:00   Com calcinha recheada de dinheiro falso, mulher é presa quando aplicava golpe
20/09/2018 - 14:00   Com calcinha recheada de dinheiro falso, mulher é presa quando aplicava golpe
20/09/2018 - 13:50   Após vencer caso na Justiça, Claudia Rodrigues volta a trabalhar na Globo
20/09/2018 - 13:40   Motorista bate em moto de agente penitenciário, foge sem prestar socorro e colegas fazem manifestação
20/09/2018 - 13:30   Dr. Rey é denunciado por assédio sexual por universitária
20/09/2018 - 13:20   Operação Fronteira Segura é deflagrada no combate ao tráfico de drogas e armas
20/09/2018 - 13:00   Gorete Milagres volta à TV com personagem em Malhação
20/09/2018 - 12:34   Senai monta showroom de soluções para indústria do vestuário no ´Sebrae Inspira´
20/09/2018 - 12:31   Sesi abre inscrições para palestra "IST/HIV e Combate ao uso de Drogas" em 4 cidades
20/09/2018 - 12:29   Sesi de Tocantins conhece modelo de negócios do Sesi de Mato Grosso do Sul
20/09/2018 - 12:12   Itaporã é vice-campeã de Judô dos JOJUMS 2018
20/09/2018 - 09:09   Mulher é presa com tabletes de maconha que iriam para Goiás
20/09/2018 - 09:07   Ipea confirma tendência ao desalento no mercado de trabalho
20/09/2018 - 08:57   Pernambucanos são presos na região por golpe da dedetização
20/09/2018 - 08:55   Carreta que saiu de Dourados tomba após motorista perder o controle
20/09/2018 - 08:53   ONU apela para que indígenas tenham mais atenção das autoridades
20/09/2018 - 08:50   Agente fica ferido em acidente no mesmo local onde colega morreu
20/09/2018 - 08:50   Delegacia que municiava Odilon vai investigá-lo
20/09/2018 - 08:47   Puccinelli faz 2 meses na prisão sem perspectiva de ter novo HC julgado
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!