Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 18 de Novembro de 2017





Mãe se nega a enterrar filha declarada morta por crer que ela ainda esteja viva
Certidão de óbito emitida no domingo (12) diz que Débora Isis Mendes de Gouveia, de 18 anos, morreu de infecção renal. Delegado de Rio Largo, em Alagoas, pediu nova avaliação médica.


14 de Novembro de 2017 - 17:57           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Uma mãe se recusa a enterrar a filha dada como morta há dois dias na cidade de Rio Largo, Região Metropolitana de Maceió. Mesmo com o atestado de óbito e com a jovem dentro de um caixão, Teresa Cristina Mendes, de 48 anos, diz acreditar que a filha não morreu. A Polícia Civil foi acionada.

"Ela não está morta. Ela tem sinais de vida. Ela não está com a temperatura de morto. Acredito que minha filha está viva", diz.

Débora Isis Mendes de Gouveia, 18 anos, deu entrada no Hospital Geral do Estado (HGE) no dia 6 de novembro com infecção urinária. O problema de saúde se agravou e ela teve uma infecção nos rins e precisou ser transferida.

No dia 8 de novembro, ela deu entrada no Hospital Vida, localizado na Jatiúca. No dia 12, às 14h10, a jovem foi dada como morta. Na certidão de óbito consta que ela morreu devido a infecção renal. Desde então, Débora Isis está dentro de um caixão, mas a família se nega a fazer o enterro.

"Antes de ir para o HGE, ela foi para o Hospital IB Gato Falcão. Lá eles aplicaram um soro sedativo e depois disso a menina começou a convulsionar e foi transferida para o HGE. Lá constataram infecção intestinal, urinária e generalizada. De lá, ela estava quase em coma quando foi transferida para o Hospital Vida, onde atestaram o óbito dela no domingo", disse o irmão Davi César Mendes, 15 anos, que também diz acreditar que a menina está viva.

Em entrevista ao G1, a mãe disse que a família tem histórico de catalepsia, um fenômeno que deixa a pessoa em um estado que pode ser confundido com a morte. Teresa afirmou que ela própria já passou por isso, quando tinha dois anos.

"Esse problema acontece na família. Quando deu um ataque em mim, eu tive uma dor muito forte na perna e eu fiquei assim, só retornei depois de quatro dias. Esse problema está se agravando e vem acontecendo na família", diz Teresa Cristina (veja no vídeo abaixo).











Plantão

.
18/11/2017 - 07:00   Indignada com acidente da filha moradora de Itaporã promove abaixo-assinado
17/11/2017 - 15:05   Governo tenta liberação de R$ 30 milhões da União para custeio da Santa Casa
17/11/2017 - 14:56   Assembleia Legislativa terá horário de funcionamento reduzido para reforma
17/11/2017 - 14:55   Estados Unidos intensificam alerta sobre risco de ataques terroristas
17/11/2017 - 14:40   Após ser barrado, David Luiz volta a ser relacionado no Chelsea
17/11/2017 - 14:26   Morte de brasileira em Lisboa foi ´circunstância infeliz´, diz ministro português
17/11/2017 - 13:58   COMPROMISSO Anitta assina contrato de união estável com Thiago Magalhães
17/11/2017 - 13:55   Prisão de Cabral completa um ano e manifestantes fazem festa
17/11/2017 - 13:36   Com licitação suspensa, Campo Grande encerra o ano sem radares e lombadas
17/11/2017 - 12:55   ´Neymar é muito bom, mas tenho os melhores´, diz técnico Zidane
17/11/2017 - 12:43   Motociclista fica ferido após condutora fazer conversão proibida
17/11/2017 - 12:39   Leilão tem motocicleta por R$ 300 e Hilux com lance de R$ 7 mil
17/11/2017 - 12:14   Traficante sai de mata com droga, entra em carro com policiais e acaba preso
17/11/2017 - 12:08   Pudim Romeu e Julieta é sobremesa incrível para a sexta-feira
17/11/2017 - 11:37   Área desmatada no Pantanal em dois anos corresponde a cinco estádios do Maracanã
17/11/2017 - 08:00   Fotógrafo Wesylle Silveira apresenta o 1º Workshop de Flash dedicado"Descobrindo a Luz"
16/11/2017 - 21:57   O itaporanense Reinaldo Fernandes será velado no memorial Pax Primavera
16/11/2017 - 20:27   Itaporanense morre vítima de raio no município de Rio Brilhante
16/11/2017 - 15:00   Completando idade nova o empresário Rafael Ortiz
16/11/2017 - 11:17   Jovens furtam bezerra para churrasco em comemoração a título do Corinthians
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!