Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018





MS termina 2017 com metro quadrado da construção civil em R$ 1.060
No acumulado de 2017, o estado teve alta de 4,23%, a maior do país, conforme o levantamento.


10 de Janeiro de 2018 - 18:33           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O custo médio do metro quadrado na construção civil ficou mais barato entre novembro e dezembro em Mato Grosso do Sul. Levando em consideração todos os custos que envolvem o serviço, o preço apurado no último mês do ano passado foi de R$ 1.060,03, o 10º maior em todo o Brasil.

Esses dados fazem parte do Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil), divulgado nesta quarta-feira (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No acumulado de 2017, o estado teve alta de 4,23%, a maior do país, conforme o levantamento.

A nível nacional, o Sinapi aumentou em 0,18% entre novembro e dezembro, ficando 0,30 pontos percentuais abaixo da taxa do mês anterior. Esta foi a terceira menor registrada em 2017, ficando acima apenas de abril (0,15%) e outubro (0,16%).

No acumulado do ano, construir ficou 3,82% mais caro ao longo dos 12 meses. Apesar do acréscimo, essa variação foi menor do que a registrada no período anterior, quando a alta acumulada foi de 3,82%.

Já o custo do metro quadrado brasileiro fechou dezembro em R$ 1.066,68, dos quais R$ 544,97 são relativos aos materiais e R$ 521,71 à mão de obra.

A parcela dos insumos teve variação de 0,14%, caindo 0,53 pontos percentuais em relação ao mês anterior (0,67%). Já em relação a 2016, a taxa subiu 0,13 pontos percentuais. Já a mão de obra variou 0,22%, ficando próximo do índice de novembro (0,28%).

Segundo o IBGE, a taxa dessa parcela (0,22%) ficou abaixo da registrada em dezembro de 2016 (1,02%), quando foram firmados quatro acordos coletivos em vários estados. Nos resultados acumulados de 2017, os materiais tiveram variação de 2,61%, enquanto a parcela do custo referente aos gastos com mão de obra atingiu 5,17%. Em 2016, a parcela dos materiais fechou em 2,92% e a mão de obra, em 10,89%.









Campo Grande News










Plantão

.
18/10/2018 - 17:53   Cartões de confirmação do Enem serão liberados na segunda-feira
18/10/2018 - 17:36   Pagamento do 13º salário injetará R$ 2,6 bilhões na economia de Mato Grosso do Sul
18/10/2018 - 17:36   Brasil tem 477 grávidas e lactantes no sistema carcerário; MS tem 19
18/10/2018 - 17:20   Inscrições para especialização a distância oferecida pelo IFMS vão até dia 22
18/10/2018 - 17:18   WhatsApp esvazia debate na campanha eleitoral deste ano
18/10/2018 - 17:17   Homem foge com veículo roubado que dá problema e ele acaba preso
18/10/2018 - 17:15   Operação contra o tráfico e facção criminosa prende 6 na Capital
18/10/2018 - 17:13   Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
18/10/2018 - 17:06   Senai, UFMS e Fiocruz vão desenvolver pesquisas em conjunto para indústrias de MS
18/10/2018 - 17:00   CCR MSVia abre novas vagas no Serviço de Atendimento, SAU
18/10/2018 - 11:09   Mergulhadores continuam buscas por corpo de homem no lago da rodoviária
18/10/2018 - 10:58   Playboy da mansão é morto com tiro nas costas enquanto bebia com amigos
18/10/2018 - 10:57   BR-163/MS passa por obras e serviços da CCR MSVia
18/10/2018 - 10:50   Bruna Marquezine é clicada durante mergulho em Noronha
18/10/2018 - 10:40   Dólar abre em alta a R$ 3,68 e Bolsa de Valores opera em queda
18/10/2018 - 10:30   Após denúncia anônima, polícia recupera pick up roubada com 1t de maconha
18/10/2018 - 09:40   Câmara propõe a criação da semana nacional do feijão e arroz
18/10/2018 - 09:30   Locais de prova do Enem poderão ser consultados na segunda-feira
18/10/2018 - 09:20   Justiça condenada mulher a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido
18/10/2018 - 09:10   Menor flagrado com 565 quilos de maconha continuará internado
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!