Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 23 de Abril de 2018





MS termina 2017 com metro quadrado da construção civil em R$ 1.060
No acumulado de 2017, o estado teve alta de 4,23%, a maior do país, conforme o levantamento.


10 de Janeiro de 2018 - 18:33           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O custo médio do metro quadrado na construção civil ficou mais barato entre novembro e dezembro em Mato Grosso do Sul. Levando em consideração todos os custos que envolvem o serviço, o preço apurado no último mês do ano passado foi de R$ 1.060,03, o 10º maior em todo o Brasil.

Esses dados fazem parte do Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil), divulgado nesta quarta-feira (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No acumulado de 2017, o estado teve alta de 4,23%, a maior do país, conforme o levantamento.

A nível nacional, o Sinapi aumentou em 0,18% entre novembro e dezembro, ficando 0,30 pontos percentuais abaixo da taxa do mês anterior. Esta foi a terceira menor registrada em 2017, ficando acima apenas de abril (0,15%) e outubro (0,16%).

No acumulado do ano, construir ficou 3,82% mais caro ao longo dos 12 meses. Apesar do acréscimo, essa variação foi menor do que a registrada no período anterior, quando a alta acumulada foi de 3,82%.

Já o custo do metro quadrado brasileiro fechou dezembro em R$ 1.066,68, dos quais R$ 544,97 são relativos aos materiais e R$ 521,71 à mão de obra.

A parcela dos insumos teve variação de 0,14%, caindo 0,53 pontos percentuais em relação ao mês anterior (0,67%). Já em relação a 2016, a taxa subiu 0,13 pontos percentuais. Já a mão de obra variou 0,22%, ficando próximo do índice de novembro (0,28%).

Segundo o IBGE, a taxa dessa parcela (0,22%) ficou abaixo da registrada em dezembro de 2016 (1,02%), quando foram firmados quatro acordos coletivos em vários estados. Nos resultados acumulados de 2017, os materiais tiveram variação de 2,61%, enquanto a parcela do custo referente aos gastos com mão de obra atingiu 5,17%. Em 2016, a parcela dos materiais fechou em 2,92% e a mão de obra, em 10,89%.









Campo Grande News










Plantão

.
22/04/2018 - 20:14   Azambuja inicia visita a cidades da região sul inaugurando residecial com Marun
22/04/2018 - 20:12   Para vacinar 21 milhões de animais, MS inicia campanha contra a aftosa no dia 1° de maio
22/04/2018 - 20:05   Grávida é presa escondendo crack para revenda dentro da calcinha
22/04/2018 - 20:02   Paulista é flagrado carregando ´super-maconha´ em ônibus de viagem
22/04/2018 - 19:49   Pescador encontra corpo de turista desaparecido no Rio Aquidauana
22/04/2018 - 19:02   Homem encontrado morto degolado em roça de milho Maracaju
22/04/2018 - 14:36   Mulher morre após ser atropelada e arremessada por 20 metros
22/04/2018 - 13:45   Pela primeira vez em votação bilíngue, Paraguai elege hoje novo presidente
22/04/2018 - 13:42   Presos de Dourados estão feridos e sem atendimento médico, aponta denúncia
22/04/2018 - 13:40   Trump afirma que crise da Coreia do Norte ainda está ´longe de conclusão
22/04/2018 - 13:36   Campeã do ´BBB 18´, Gleici chega a Rio Branco em meio a tumulto de fãs
22/04/2018 - 12:55   Imparável, Rafael Nadal conquista seu décimo primeiro título em Monte Carlo
22/04/2018 - 12:53   Perante milhares de fiéis, Papa Francisco pede o fim da violência na Nicarágua
22/04/2018 - 12:51   Gretchen estreia reality show em que mostra a intimidade de sua família
22/04/2018 - 12:49   Corinthians goleia Paraná em Curitiba e larga em bom estilo na liderança
22/04/2018 - 12:46   Lázaro Ramos faz pergunta para Laura Müller e plateia cai na gargalhada
22/04/2018 - 12:39   Rivaldo acha que Neymar só será melhor do mundo na Espanha e aposta em Real
22/04/2018 - 09:10   Vereadora Lourdes Struziati agradece Governador e Prefeito pelas obras no município
21/04/2018 - 20:17   Paratleta de MS conquista medalhas de ouro em competição nacional
21/04/2018 - 20:13   Indicações ao prêmio Troféu Marco Verde continuam abertas
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!