Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 22 de Julho de 2018





MS termina 2017 com metro quadrado da construção civil em R$ 1.060
No acumulado de 2017, o estado teve alta de 4,23%, a maior do país, conforme o levantamento.


10 de Janeiro de 2018 - 18:33           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O custo médio do metro quadrado na construção civil ficou mais barato entre novembro e dezembro em Mato Grosso do Sul. Levando em consideração todos os custos que envolvem o serviço, o preço apurado no último mês do ano passado foi de R$ 1.060,03, o 10º maior em todo o Brasil.

Esses dados fazem parte do Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil), divulgado nesta quarta-feira (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No acumulado de 2017, o estado teve alta de 4,23%, a maior do país, conforme o levantamento.

A nível nacional, o Sinapi aumentou em 0,18% entre novembro e dezembro, ficando 0,30 pontos percentuais abaixo da taxa do mês anterior. Esta foi a terceira menor registrada em 2017, ficando acima apenas de abril (0,15%) e outubro (0,16%).

No acumulado do ano, construir ficou 3,82% mais caro ao longo dos 12 meses. Apesar do acréscimo, essa variação foi menor do que a registrada no período anterior, quando a alta acumulada foi de 3,82%.

Já o custo do metro quadrado brasileiro fechou dezembro em R$ 1.066,68, dos quais R$ 544,97 são relativos aos materiais e R$ 521,71 à mão de obra.

A parcela dos insumos teve variação de 0,14%, caindo 0,53 pontos percentuais em relação ao mês anterior (0,67%). Já em relação a 2016, a taxa subiu 0,13 pontos percentuais. Já a mão de obra variou 0,22%, ficando próximo do índice de novembro (0,28%).

Segundo o IBGE, a taxa dessa parcela (0,22%) ficou abaixo da registrada em dezembro de 2016 (1,02%), quando foram firmados quatro acordos coletivos em vários estados. Nos resultados acumulados de 2017, os materiais tiveram variação de 2,61%, enquanto a parcela do custo referente aos gastos com mão de obra atingiu 5,17%. Em 2016, a parcela dos materiais fechou em 2,92% e a mão de obra, em 10,89%.









Campo Grande News










Plantão

.
21/07/2018 - 19:35   Polícia de Coronel Sapucaia apreende veículo com 88 kg de maconha
21/07/2018 - 16:55   Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado
21/07/2018 - 16:52   Homem escala torre de energia e cai ao encostar na rede de alta tensão
21/07/2018 - 16:51   Mega Sena pode pagar R$ 62 milhões neste sábado
21/07/2018 - 16:50   Clássicos regionais podem definir novo líder hoje no Brasileirão
21/07/2018 - 16:48   PMN decide não ter candidato à Presidência nem fazer alianças
21/07/2018 - 16:48   Motociclista morre após acidente em avenida movimentada da Capital
21/07/2018 - 16:28   Acervo de Puccinelli em quitinete traz suspeita sobre safras e ´boi de papel´
21/07/2018 - 14:14   Polícia apreende grande quantidade de droga escondidos em fundo falso de carreta
21/07/2018 - 13:25   PDT oficializa chapa pura e Odilon é o 1º candidato ao cargo de governador de MS
21/07/2018 - 09:41   Solidariedade ameaça deixar ´Blocão´ após se aproximar de Alckmin
21/07/2018 - 09:39   Taxista tenta desviar de buraco e capota veículo na MS-134
21/07/2018 - 09:37   Whatsapp anuncia testes contra disseminação de fake news
21/07/2018 - 09:35   Retirada da carreta que tombou na BR-158 demorou mais de 5 horas
21/07/2018 - 09:34   Prazo para atualização do Cadastro Único é prorrogado até 17 de agosto
21/07/2018 - 09:34   Preço da gasolina sobe após 6 semanas seguidas de queda, diz ANP
21/07/2018 - 09:33   Governo Federal cria fundo nacional de desenvolvimento ferroviário
21/07/2018 - 09:31   Detentos tiram fotos e atualizam Facebook de dentro de presídio
21/07/2018 - 09:29   Dany Bananinha exibe suas curvas na ilha de Fernando de Noronha
21/07/2018 - 09:28   ABC e Sete duelam valendo a liderança do Sub-19
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!