Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018





MPF pede sequestro de imóveis de filhas de Palocci
Investigações indicam doações de Palocci às filhas no valor de R$ 4,5 milhões


19 de Junho de 2017 - 16:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O Ministério Público Federal (MPF) pediu o sequestro de dois imóveis ligados a duas filhas do ex-ministro Antonio Palocci sob suspeita de que as aquisições podem ser fruto do crime de lavagem de dinheiro.

Os procuradores apontam que Palocci fez doações que somam quase R$ 3 milhões para uma filha, e quase R$ 1,5 milhão para a outra, e que, com esses recursos, elas teriam comprado os imóveis.

O pedido foi feito pelo procurador regional da República Januário Paludo no dia 12 de junho e até a manhã desta segunda-feira (19) não tinha sido analisado pelo juiz Sérgio Moro.

Conforme Paludo, como Palocci é investigado em duas ações penais da Lava Jato, é preciso bloquear os bens para eventuais reparações.

"Dessa forma, Antonio Palocci, valendo-se dos recursos ilícitos que transitaram por suas contas bancárias, adquiriu bens imóveis de elevado valor em benefício de Carolina Palocci e Marina Watanabe, o que pode, em tese, caracterizar o delito previsto no art. 1º da Lei 9.613/98", disse o procurador.
Palocci está preso desde o dia 26 de setembro do ano passado. Atualmente, está detido na carceragem da

Polícia Federal (PF), em Curitiba. Ele foi denunciado uma vez por corrupção passiva e 19 vezes por lavagem de dinheiro.

O processo apura se Palocci recebeu propina para atuar em favor do Grupo Odebrecht, entre 2006 e o final de 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal. Ele e os outros réus respondem por crimes como corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O ex-ministro é acusado de intermediar propinas pagas pela Odebrecht ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ex-executivos da empreiteira afirmaram que o codinome "Italiano", que aparece em uma planilha ao lado de valores, fazia referência a Palocci. Ele nega ser o "Italiano".

 










Plantão

.
22/01/2018 - 11:00   Cármen Lúcia suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho
22/01/2018 - 10:40   Ascensão de bilionários no Brasil foi recorde em 2017, aponta pesquisa0
22/01/2018 - 10:20   Na reta final, Tite quer jogos contra seleções do Mundial
22/01/2018 - 10:00   De novo sem torcida e com presidente novo, Vasco desencanta e vence
22/01/2018 - 09:40   De virada, Corumbaense vence bem e sai na frente por vaga na Copa Verde
22/01/2018 - 09:20   Em recuperação, Pelé diz estar pronto para acompanhar Brasil na Copa
22/01/2018 - 09:00   Fundos patrimoniais são saída para sustentabilidade financeira de ONGs
22/01/2018 - 08:40   Trump diz que Senado deve mudar regras se impasse continuar
22/01/2018 - 08:20   Trump diz que Senado deve mudar regras se impasse continuar
22/01/2018 - 08:12   Empresários promovem dias 28, 29 e 30 de janeiro na Capital a 6ª Feira de Calçados, Couros e Acessórios
22/01/2018 - 08:00   Eleição 2018: Partidos já negociam aliança política
22/01/2018 - 07:40   Estado muda regras para aumentar a arrecadação
22/01/2018 - 07:20   Criação de leitos, SUS regride e em dois anos sofre queda de 90%
22/01/2018 - 07:00   Carro bate em árvore, uma pessoa morre e outra fica ferida em Dourados
22/01/2018 - 06:42   Depois do domingo quente, inicio de semana começa chuva em Itaporã
22/01/2018 - 06:16   Homem é executado a tiros de pistola na frente da esposa em borracharia
21/01/2018 - 09:00   Banho de sol em plena Avenida chama atenção e mobiliza polícia em Maracaju
20/01/2018 - 13:40   Brasileiros de todas as classes têm dificuldade para poupar
20/01/2018 - 13:20   Falta clareza em acordo que permite retomada do Aquário do Pantanal
20/01/2018 - 13:00   Defesa Civil registra 18 municípios que decretaram emergência
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!