Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 23 de Abril de 2018





MPF pede sequestro de imóveis de filhas de Palocci
Investigações indicam doações de Palocci às filhas no valor de R$ 4,5 milhões


19 de Junho de 2017 - 16:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O Ministério Público Federal (MPF) pediu o sequestro de dois imóveis ligados a duas filhas do ex-ministro Antonio Palocci sob suspeita de que as aquisições podem ser fruto do crime de lavagem de dinheiro.

Os procuradores apontam que Palocci fez doações que somam quase R$ 3 milhões para uma filha, e quase R$ 1,5 milhão para a outra, e que, com esses recursos, elas teriam comprado os imóveis.

O pedido foi feito pelo procurador regional da República Januário Paludo no dia 12 de junho e até a manhã desta segunda-feira (19) não tinha sido analisado pelo juiz Sérgio Moro.

Conforme Paludo, como Palocci é investigado em duas ações penais da Lava Jato, é preciso bloquear os bens para eventuais reparações.

"Dessa forma, Antonio Palocci, valendo-se dos recursos ilícitos que transitaram por suas contas bancárias, adquiriu bens imóveis de elevado valor em benefício de Carolina Palocci e Marina Watanabe, o que pode, em tese, caracterizar o delito previsto no art. 1º da Lei 9.613/98", disse o procurador.
Palocci está preso desde o dia 26 de setembro do ano passado. Atualmente, está detido na carceragem da

Polícia Federal (PF), em Curitiba. Ele foi denunciado uma vez por corrupção passiva e 19 vezes por lavagem de dinheiro.

O processo apura se Palocci recebeu propina para atuar em favor do Grupo Odebrecht, entre 2006 e o final de 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal. Ele e os outros réus respondem por crimes como corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O ex-ministro é acusado de intermediar propinas pagas pela Odebrecht ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ex-executivos da empreiteira afirmaram que o codinome "Italiano", que aparece em uma planilha ao lado de valores, fazia referência a Palocci. Ele nega ser o "Italiano".

 










Plantão

.
22/04/2018 - 20:14   Azambuja inicia visita a cidades da região sul inaugurando residecial com Marun
22/04/2018 - 20:12   Para vacinar 21 milhões de animais, MS inicia campanha contra a aftosa no dia 1° de maio
22/04/2018 - 20:05   Grávida é presa escondendo crack para revenda dentro da calcinha
22/04/2018 - 20:02   Paulista é flagrado carregando ´super-maconha´ em ônibus de viagem
22/04/2018 - 19:49   Pescador encontra corpo de turista desaparecido no Rio Aquidauana
22/04/2018 - 19:02   Homem encontrado morto degolado em roça de milho Maracaju
22/04/2018 - 14:36   Mulher morre após ser atropelada e arremessada por 20 metros
22/04/2018 - 13:45   Pela primeira vez em votação bilíngue, Paraguai elege hoje novo presidente
22/04/2018 - 13:42   Presos de Dourados estão feridos e sem atendimento médico, aponta denúncia
22/04/2018 - 13:40   Trump afirma que crise da Coreia do Norte ainda está ´longe de conclusão
22/04/2018 - 13:36   Campeã do ´BBB 18´, Gleici chega a Rio Branco em meio a tumulto de fãs
22/04/2018 - 12:55   Imparável, Rafael Nadal conquista seu décimo primeiro título em Monte Carlo
22/04/2018 - 12:53   Perante milhares de fiéis, Papa Francisco pede o fim da violência na Nicarágua
22/04/2018 - 12:51   Gretchen estreia reality show em que mostra a intimidade de sua família
22/04/2018 - 12:49   Corinthians goleia Paraná em Curitiba e larga em bom estilo na liderança
22/04/2018 - 12:46   Lázaro Ramos faz pergunta para Laura Müller e plateia cai na gargalhada
22/04/2018 - 12:39   Rivaldo acha que Neymar só será melhor do mundo na Espanha e aposta em Real
22/04/2018 - 09:10   Vereadora Lourdes Struziati agradece Governador e Prefeito pelas obras no município
21/04/2018 - 20:17   Paratleta de MS conquista medalhas de ouro em competição nacional
21/04/2018 - 20:13   Indicações ao prêmio Troféu Marco Verde continuam abertas
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!