Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 24 de Junho de 2017





MPF pede sequestro de imóveis de filhas de Palocci
Investigações indicam doações de Palocci às filhas no valor de R$ 4,5 milhões


19 de Junho de 2017 - 16:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O Ministério Público Federal (MPF) pediu o sequestro de dois imóveis ligados a duas filhas do ex-ministro Antonio Palocci sob suspeita de que as aquisições podem ser fruto do crime de lavagem de dinheiro.

Os procuradores apontam que Palocci fez doações que somam quase R$ 3 milhões para uma filha, e quase R$ 1,5 milhão para a outra, e que, com esses recursos, elas teriam comprado os imóveis.

O pedido foi feito pelo procurador regional da República Januário Paludo no dia 12 de junho e até a manhã desta segunda-feira (19) não tinha sido analisado pelo juiz Sérgio Moro.

Conforme Paludo, como Palocci é investigado em duas ações penais da Lava Jato, é preciso bloquear os bens para eventuais reparações.

"Dessa forma, Antonio Palocci, valendo-se dos recursos ilícitos que transitaram por suas contas bancárias, adquiriu bens imóveis de elevado valor em benefício de Carolina Palocci e Marina Watanabe, o que pode, em tese, caracterizar o delito previsto no art. 1º da Lei 9.613/98", disse o procurador.
Palocci está preso desde o dia 26 de setembro do ano passado. Atualmente, está detido na carceragem da

Polícia Federal (PF), em Curitiba. Ele foi denunciado uma vez por corrupção passiva e 19 vezes por lavagem de dinheiro.

O processo apura se Palocci recebeu propina para atuar em favor do Grupo Odebrecht, entre 2006 e o final de 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal. Ele e os outros réus respondem por crimes como corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O ex-ministro é acusado de intermediar propinas pagas pela Odebrecht ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ex-executivos da empreiteira afirmaram que o codinome "Italiano", que aparece em uma planilha ao lado de valores, fazia referência a Palocci. Ele nega ser o "Italiano".

 










Plantão

.
24/06/2017 - 10:50   Três Lagoas recebe feira de imóveis neste final de semana
24/06/2017 - 10:40   Deslizamento de terra deixa 5 mortos e 120 desaparecidos na China
24/06/2017 - 10:35   Vereadoras Lourdes Struziati, Célia Frota e Marlei vistoriam obras da Creche Milton Menani
24/06/2017 - 10:30   Jovem de 27 anos é assassinado com três tiros na cabeça
24/06/2017 - 10:20   Preso homem que pretendia vender droga para comprar casa para a esposa
24/06/2017 - 10:10   Compra de um milhão de tiras reagentes deve amenizar situação de pacientes
24/06/2017 - 10:00   Se dizendo policial, homem invade residência e tenta matar mulher a facadas
24/06/2017 - 09:50   Quina de São João sorteia prêmio de R$ 130 milhões em Campina Grande
24/06/2017 - 09:40   Justiça suspende greve de médicos marcada para acontecer na segunda-feira
24/06/2017 - 09:30   Governo Michel Temer tem aprovação de 7% e reprovação de 69%
24/06/2017 - 09:20   Provocação de Azambuja abre brecha para alteração ou anulação de delação
24/06/2017 - 09:20   Sábado amanhece com termômetros registrando 12ºC no Estado
24/06/2017 - 09:10   Polícias em alerta contra ameaça de ataques a bancos na fronteira
24/06/2017 - 08:50   É preciso dar voz às pessoas e diversidade de opinião, diz Zuckerberg
24/06/2017 - 08:40   Raça Negra terá sucesso ´Didididiê´ gravado em inglês e espanhol
24/06/2017 - 08:30   Primeira-ministra da Noruega cita Lava Jato e pede ´limpeza´ a Temer
24/06/2017 - 08:20   Presidente do Conselho de Ética arquiva pedido de cassação de Aécio Neves
24/06/2017 - 08:10   Pudim de caneca maravilhoso fica pronto em apenas 2 minutos
24/06/2017 - 08:00   Perícia da PF conclui que não houve edição em áudio de Joesley com Temer
24/06/2017 - 07:50   Suspensão de venda da carne aos EUA gera preocupação ao mercado pecuário de MS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!