Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 20 de Abril de 2018





MPE apura acúmulo de cargo de presidente de Câmara em MS
Lorinho da Saúde seria presidente da Câmara e motorista


19 de Junho de 2017 - 11:24           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

MPE apura acúmulo de cargo de presidente de Câmara em MS

 
 
O presidente da Câmara Municipal de Taquarussu, Antônio da Rocha Xisto, conhecido como Lorinho da Saúde (PSDB), está sendo investigado pelo MPE-MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) em um inquérito civil, por possível incompatibilidade de funções praticadas cumulativamente pelo vereador.

Ao mesmo tempo em que preside a Câmara de Taquarussu, Lorinho estaria lotado também como motorista de ambulância na Secretaria Municipal de Saúde do município, localizado a 360 quilômetros de Campo Grande.

No Portal da Transparência da Prefeitura de Taquarussu não há informações sobre os vencimentos de Lorinho como motorista. Ele trabalha no cargo desde 1993, ainda segundo o Portal. Uma denúncia sobre o caso foi encaminhada à Ouvidoria do MPE-MS no dia 9 de janeiro, poucos dias após a posse do vereador.

O MPE-MS apura se o acúmulo de cargos poderia ser incompatível com as funções praticadas, uma vez que, segundo o denunciante anônimo, o vereador não teria tempo para exercer a função de motorista enquanto preside a Câmara de Taquarussu.

A investigação está sendo promovida pela promotora de Justiça Bianka Machado Arruda Mendes, da Promotoria de Justiça de Batayporã.

Caso semelhante
Em 2016, uma ação civil pública proposta pelo MPE-MS resultou no afastamento do ex-presidente da Câmara de Taquarussu, vereador Sandro Felix (PMDB), em um caso semelhante.

Felix também era lotado como motorista de âmbulância na Prefeitura de Taquarussu, enquanto exercia mandado de vereador. A incompatibilidade dos horários entre as funções levou à proposição do afastamento do vereador do cargo de motorista, por parte do MPE-MS.










Plantão

.
20/04/2018 - 21:09   Bombeiros socorrem vítima de acidente em Amambai
20/04/2018 - 21:05   Denúncia anônima leva DOF até ‘arsenal de guerra’ em loja na Grande Dourados
20/04/2018 - 18:15   Em Itaporã, Reinaldo Azambuja entrega e anuncia obras e ganha título de cidadão.
20/04/2018 - 16:01   Menino de 10 anos morre de mal súbito e corpo volta adulterado em caixão lacrado
20/04/2018 - 15:58   Terapeutas holísticos de Mato Grosso do Sul se organizam em Associação
20/04/2018 - 15:50   WhatsApp ganha função para remover status de administrador em grupos
20/04/2018 - 14:03   Polícia Militar Ambiental autua pecuarista por desmatamento ilegal
20/04/2018 - 13:57   CV ´plantou´ membro em fazenda para vigiar posto da PRF na BR 463
20/04/2018 - 13:49   Garis encontram caixões à beira da pista e acionam a Polícia Militar
20/04/2018 - 13:47   JBS informa que não há plantas da empresa no Estado barradas pela União Europeia
20/04/2018 - 13:36   Alunos bloqueiam entrada em universidade em protesto contra fim de licenciatura
20/04/2018 - 13:33   No melhor mês de março em 5 anos, Brasil cria 56 mil empregos formais
20/04/2018 - 12:37   Governo vai asfaltar MS-379 com investimentos de quase R$ 77,4 milhões
20/04/2018 - 11:31   Itaporã: Investimento na MS-156 diminui tempo da viagem pela metade
20/04/2018 - 10:50   Lei que aumenta pena para motorista embriagado entra em vigor
20/04/2018 - 10:48   IBGE aponta prévia da inflação oficial que ficou em 0,21% neste mês
20/04/2018 - 10:45   Petrobras aumenta preços de combustíveis nas refinarias
20/04/2018 - 10:42   Polícia Federal anuncia que fará concurso público para 500 vagas
20/04/2018 - 08:42   Estado paga R$ 3,7 milhões para realização de concurso da PM e Corpo de Bombeiros
20/04/2018 - 08:40   Estudante de Medicina é preso com mochila e travesseiros recheados de dinheiro falso
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!