Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018





MPE apura acúmulo de cargo de presidente de Câmara em MS
Lorinho da Saúde seria presidente da Câmara e motorista


19 de Junho de 2017 - 11:24           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

MPE apura acúmulo de cargo de presidente de Câmara em MS

 
 
O presidente da Câmara Municipal de Taquarussu, Antônio da Rocha Xisto, conhecido como Lorinho da Saúde (PSDB), está sendo investigado pelo MPE-MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) em um inquérito civil, por possível incompatibilidade de funções praticadas cumulativamente pelo vereador.

Ao mesmo tempo em que preside a Câmara de Taquarussu, Lorinho estaria lotado também como motorista de ambulância na Secretaria Municipal de Saúde do município, localizado a 360 quilômetros de Campo Grande.

No Portal da Transparência da Prefeitura de Taquarussu não há informações sobre os vencimentos de Lorinho como motorista. Ele trabalha no cargo desde 1993, ainda segundo o Portal. Uma denúncia sobre o caso foi encaminhada à Ouvidoria do MPE-MS no dia 9 de janeiro, poucos dias após a posse do vereador.

O MPE-MS apura se o acúmulo de cargos poderia ser incompatível com as funções praticadas, uma vez que, segundo o denunciante anônimo, o vereador não teria tempo para exercer a função de motorista enquanto preside a Câmara de Taquarussu.

A investigação está sendo promovida pela promotora de Justiça Bianka Machado Arruda Mendes, da Promotoria de Justiça de Batayporã.

Caso semelhante
Em 2016, uma ação civil pública proposta pelo MPE-MS resultou no afastamento do ex-presidente da Câmara de Taquarussu, vereador Sandro Felix (PMDB), em um caso semelhante.

Felix também era lotado como motorista de âmbulância na Prefeitura de Taquarussu, enquanto exercia mandado de vereador. A incompatibilidade dos horários entre as funções levou à proposição do afastamento do vereador do cargo de motorista, por parte do MPE-MS.










Plantão

.
21/06/2018 - 16:01   Argentina perde para a Croácia, se complica na Copa e depende de terceiros
21/06/2018 - 15:55   Distribuidoras estão sem gás e afirmam que problema é na Petrobras
21/06/2018 - 15:53   Genro de Silvio Santos pode ser preso no aeroporto na volta dos EUA
21/06/2018 - 08:28   Câmara de Itaporã votará na próxima segunda projeto ´Mãos solidárias´
21/06/2018 - 08:22   Caminhão abandonado é encontrado pela PRF com três toneladas de maconha
21/06/2018 - 08:16   Cheque da desembargadora Tânia Borges é encontrado em investigação do Gaeco
21/06/2018 - 08:15   Trump assina ordem para manter crianças migrantes detidas junto com os pais
21/06/2018 - 08:14   Desembargador suspende depoimento de Lula em ação da Operação Zelotes
21/06/2018 - 08:13   Ativista pede punição a brasileiros que assediaram mulher na Rússia
21/06/2018 - 08:12   Supremo tem 5 votos para derrubar lei que proíbe sátiras em período eleitoral
21/06/2018 - 08:10   Governo de Mato Grosso do Sul é contrário à venda direta do etanol
21/06/2018 - 07:48   Motorista de trator morre depois de ser atingido na traseira por caminhonete
21/06/2018 - 07:45   Segundo a polícia, vítima de acidente fatal pode ter invadido a contramão
21/06/2018 - 07:44   PSD admite lançar Fábio ao governo com a desistência de pré-candidato
21/06/2018 - 07:37   Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
20/06/2018 - 18:43   49 crianças brasileiras estão separadas de pais nos EUA, diz nova lista
20/06/2018 - 17:38   Para Longen, instalação de montadora de veículos elétricos trará mais inovação a MS
20/06/2018 - 17:28   Itaporã adquiri triciclo para pintura de guias e sinalização horizontal
20/06/2018 - 16:30   Mala com ´simulacro de bomba´ é encontrada na Câmara dos Deputados
20/06/2018 - 14:57   Terceirização da Sanesul pode sair ainda nesse ano, diz Azambuja
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!