Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018





Juiz do DF absolve Lula e mais seis em processo sobre obstrução de Justiça



12 de Julho de 2018 - 13:17           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O juiz da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, Ricardo Leite, absolveu Luiz Inácio Lula da Silva no processo em que o ex-presidente era acusado de crime de obstrução de Justiça. Esse foi o primeiro caso em que o ex-presidente se tornou réu na Lava Jato. Também é a 1ª absolvição nos processos a que Lula responde .

À época, em 2016, a acusação era de que Lula tinha atrapalhado as investigações ao se envolver na tentativa de compra de silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, um dos delatores da operação.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, Bernardo Cerveró , filho de Cerveró, fez uma gravação em que o ex-senador Delcídio do Amaral prometia ajuda financeira de R$ 50 mil mensais para a família do ex-executivo da Petrobras Cerveró e honorários de R$ 4 milhões para o advogado Édson Ribeiro, que, até então, comandava a defesa.

Em contrapartida, apontavam as investigações, Cerveró silenciaria em sua delação premiada em relação a Delcídio, então líder do governo no Senado, a Lula, ao pecuarista José Carlos Bumlai, ao banqueiro André Esteves e aos demais acusados.

O juiz Ricardo Leite considerou as provas insuficientes. Entendeu também que a acusação de obstrução de Justiça estava baseada somente em afirmações de delatores.

Leite citou o artigos 17 do Código Penal, que fala sobre flagrante preparado, e o artigo 4º, da lei 12.850/13 , que diz que sentenças não podem ser proferidas com fundamento apenas em delação premiada.

“O áudio captado não constitui prova válida para ensejar qualquer decreto condenatório . Há suspeitas também da ocultação de fatos por Bernardo e Cerveró”, afirmou o juiz na decisão.

Ricardo Leite também disse que “a instrução, a meu sentir, não possibilitou a reconstrução da realidade fática, o que impede qualquer decreto condenatório“.

Também foram absolvidos nesse processo o ex-senador Delcídio do Amaral, o ex-chefe de gabinete de Delcídio Diogo Ferreira, André Esteves, Édson Ribeiro, José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai.

Em setembro do ano passado, o procurador Ivan Marx, do Ministério Público Federal do Distrito Federal, pediu a absolvição do ex-presidente Lula e de André Esteves nesse processo. O MPF disse não ter encontrado evidências de que Lula e André Esteves cometeram o crime de obstrução de Justiça.

Além do caso no qual foi absolvido no Distrito Federal, Lula já foi condenado em segunda instância, no processo do triplex do Guarujá, e é reu em mais cinco ações penais.

Veja as investigações sobre o ex-presidente:

Na Justiça do DF:

-absolvido em ação penal por tentativa de atrapalhar a delação de Nestor Cerveró;
-réu em ação penal sobre tráfico de influência no BNDES para beneficiar a Odebrecht;
-réu em ação penal por tráfico de influência na Operação Zelotes juntamente com o filho Luís Cláudio;
-réu em ação acusado de negociar propina em troca de uma medida provisória que prorrogou por cinco anos benefícios tributários destinados a empresas do setor automobilístico.

Na Justiça do Paraná:

-condenado em segunda instância em ação penal aberta pelo juiz Sérgio Moro, sobre o apartamento triplex no Guarujá (SP). Suspeita é de recebimento de vantagem indevida da empreiteira OAS. Preso desde o começo de abril por esse caso.
-réu em ação penal, aberta pelo juiz Sérgio Moro, por suspeita de pagamento de propina da Odebrecht.

Caso envolve a compra de um terreno para a construção da nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo;
-réu em ação sobre se é dono de sítio em Atibaia (SP) reformado por empreiteiras e se dinheiro recebido de palestras era propina disfarçada.

Além disso, é investigado em mais dois inquéritos da Lava Jato, um no STF e um na Justiça Federal:

Na Justiça Federal do DF:

-inquérito da Lava Jato que apura formação de organização criminosa, juntamente com outros integrantes do PT, para fraudar a Petrobras. Foi denunciado pela PGR, mas o MPF precisa ratificar, porque o processo mudou de instância.
No STF:

-denunciado pela PGR por ter sido suspostamente beneficiado pela Odebrecht, que prometeu em 2010 ao então presidente – e colocou à disposição do PT – R$ 64 milhões em troca de decisões do governo que favorecessem a empresa.



G1










Plantão

.
10/12/2018 - 14:00   Sistema Fiems participa de doação simbólica da campanha ´Compartilhe o Natal 2018´
10/12/2018 - 13:40   Faustão faz ‘piada’ do cabelo de ator mirim e é acusado de racismo nas redes sociais
10/12/2018 - 13:20   Governo do estado vai recapear três avenidas de Dourados
10/12/2018 - 13:00   Ministério da Saúde publica edital do Mais Médicos sem pedir revalida para formados no exterior
10/12/2018 - 11:52   CCR MSVia destaca operações pare-e-siga na BR-163/MS
10/12/2018 - 11:20   Serviços e emissão de CNH estão fora do ar e não há previsão de retorno em MS
10/12/2018 - 11:17   Enteado furta carro de padrasto e veículo é encontrado queimado em Campo Grande
10/12/2018 - 11:15   Jovem de 26 anos morre dois dias após ser atropelado na BR-163
10/12/2018 - 11:08   Carros batem de frente e quatro pessoas ficam feridas na BR-267
10/12/2018 - 11:06   Proinf possibilita investimento acima de R$ 2,5 bilhões em todo o Brasil
10/12/2018 - 11:01   Caminhão é preso na BR-163, com 275 mil maços de cigarros
10/12/2018 - 10:59   Câmara cancela contratos de empresas citadas na Operação Cifra
10/12/2018 - 10:57   4ª Corrida Caminhada e Pedal pela Vida comemora 30 anos do Hemosul
10/12/2018 - 10:40   Restaurante e Choperia Reis dos Espetos - Cardápio desta segunda-feira
10/12/2018 - 10:33   Vereador requer atenção para a limpeza urbana , principalmente no Bairros do município
10/12/2018 - 09:56   Funtrab oferece 114 vagas de emprego nesta segunda-feira
10/12/2018 - 09:51   Programa Vida no Trânsito ganha destaque em lançamento do Rodovida
10/12/2018 - 09:40   Cuiabano de 24 anos é preso com 9 tabletes de maconha em rodoviária
10/12/2018 - 09:37   Mais de 1,3 milhão de pessoas no mundo morrem anualmente no trânsito
10/12/2018 - 09:26   Vigilância Epidemiológica alerta sobre a presença de escorpiões em Nova Andradina
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!