Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018





Funcionários da Energisa protestam contra 600 demissões nos últimos anos
Sindicato alega que concessionária é empresa que mais demite no Estado


11 de Junho de 2018 - 11:02           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Funcionários da concessionária Energisa protestaram na manhã de hoje (11), na frente da sede da empresa, alertando e manifestando contra mais de 600 demissões nos últimos anos. Segundo o Sindicato dos Eletricitários de Mato Grosso do Sul (Sinergia/MS), a Energisa é a empresa que mais demite no Estado.

“Estamos com ações em outdoor pela cidade, alertando a população e a empresa. Foram 631 pessoas demitidas em menos de quatro anos. Não tem critério e causa uma pressão nos que ficam. Esse protesto foi um recado que demos, é um primeiro passo. Não descartamos uma greve”, disse o vice-presidente do sindicato, Élvio Vargas.

No protesto, que durou cerca de 1h30, os funcionários não entraram na empresa com os carro, tanto particulares, quanto de serviço. “Com faixas, explicamos nossos motivos. Ficamos ali na frente protestando. Chamamos um grupo de teatro para representar nossa situação também”, completou.

Ainda segundo o vice-presidente do Sinergia/MS, uma audiência pública deve ser convocada em breve sobre o assunto. “Vamos tentar uma audiência pública para debater a atuação da Energisa e as ações da empresa. E se a empresa continuar nos ignorando e agindo assim, não descartamos greve”, concluiu Élvio alegando que o manifesto de hoje não deve atrapalhar a execução de serviços da concessionária.











Plantão

.
21/10/2018 - 19:21   PRF apreende peças de helicóptero contrabandeadas do do Paraguai
21/10/2018 - 19:14   Renata Kuerten desistiu da barriga trincada: ´quero um corpinho violão´
21/10/2018 - 19:11   ‘Tuzin’ morre após colidir motocicleta em rotatória
21/10/2018 - 19:10   Ao menos 7 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 100 vagas
21/10/2018 - 19:09   Morador de assentamento é encontrado morto e suspeita é latrocínio
21/10/2018 - 19:09   Para fechar STF basta ´um soldado e um cabo´, diz filho de Bolsonaro
21/10/2018 - 19:07   Homem tenta fugir, mas acaba preso com 392 quilos de maconha
21/10/2018 - 15:31   Conselho de Ética abre inscrições para eleição de representantes
21/10/2018 - 12:48   Sabrina Sato coloca fim a mistério e revela nome pra lá de diferente da filha
21/10/2018 - 11:19   Pecuarista é autuado por desmatamento de vegetação nativa
21/10/2018 - 10:49   Acidentes com vítimas caem 18% até agosto, revela DPVAT
21/10/2018 - 10:46   Caminhonete invade pista e mata casal em motocicleta
21/10/2018 - 10:20   Pagamento do 13º salário injeta R$ 211,2 bilhões na economia
21/10/2018 - 10:09   Celulares erram de novo e antecipam horário de verão neste domingo
21/10/2018 - 10:00   Baterias de celulares vindas do PY são apreendidas
21/10/2018 - 09:53   Anvisa aprova três novos tratamentos contra o câncer
21/10/2018 - 09:51   Vai ao Plenário projeto que regulamenta controle de pragas urbanas
21/10/2018 - 09:50   Intenção de consumo das famílias recua 0,3% em outubro, diz CNC
21/10/2018 - 09:48   GM prende homem que urinou em frente ao portão do Corpo de Bombeiros em Dourados
21/10/2018 - 09:46   Cartões do Enem serão liberados nesta segunda-feira
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!