Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 19 de Janeiro de 2019





Funcionários da Energisa protestam contra 600 demissões nos últimos anos
Sindicato alega que concessionária é empresa que mais demite no Estado


11 de Junho de 2018 - 11:02           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Funcionários da concessionária Energisa protestaram na manhã de hoje (11), na frente da sede da empresa, alertando e manifestando contra mais de 600 demissões nos últimos anos. Segundo o Sindicato dos Eletricitários de Mato Grosso do Sul (Sinergia/MS), a Energisa é a empresa que mais demite no Estado.

“Estamos com ações em outdoor pela cidade, alertando a população e a empresa. Foram 631 pessoas demitidas em menos de quatro anos. Não tem critério e causa uma pressão nos que ficam. Esse protesto foi um recado que demos, é um primeiro passo. Não descartamos uma greve”, disse o vice-presidente do sindicato, Élvio Vargas.

No protesto, que durou cerca de 1h30, os funcionários não entraram na empresa com os carro, tanto particulares, quanto de serviço. “Com faixas, explicamos nossos motivos. Ficamos ali na frente protestando. Chamamos um grupo de teatro para representar nossa situação também”, completou.

Ainda segundo o vice-presidente do Sinergia/MS, uma audiência pública deve ser convocada em breve sobre o assunto. “Vamos tentar uma audiência pública para debater a atuação da Energisa e as ações da empresa. E se a empresa continuar nos ignorando e agindo assim, não descartamos greve”, concluiu Élvio alegando que o manifesto de hoje não deve atrapalhar a execução de serviços da concessionária.











Plantão

.
19/01/2019 - 09:47   Hoje é dia de churrasco no Restaurante e Choperia Rei dos Espetos
19/01/2019 - 09:17   Jovem comete suicídio após escrever bilhete e trocar mensagens com a namorada
19/01/2019 - 09:15   Campanha vai orientar pescadores sobre proibição da pesca ao Dourado em MS
19/01/2019 - 09:12   A dessalinização da água do mar pode acabar com a sede
19/01/2019 - 09:08   Resumo de Novelas: Ondina provoca Sampaio, expondo seu amor por Valentina
19/01/2019 - 08:42   WhatsApp limita compartilhamento de mensagens para até 5 pessoas
19/01/2019 - 08:34   Novidades Netflix: Serial killers, genocídios e zumbis estão nos originais da semana
19/01/2019 - 08:31   Previdência: reforma chega ao Congresso em meados de fevereiro
19/01/2019 - 08:30   Funcionária de peixaria é importunada sexualmente e homem é preso em flagrante
19/01/2019 - 08:25   Homem com sinais de embriaguez morre ao cair da cachoeira do Inferninho
19/01/2019 - 08:21   Justiça tenta localizar 70 mil devedores ´desaparecidos´ de Campo Grande
19/01/2019 - 08:18   Jovem é preso após ser flagrado pichando bancos da Orla Morena
19/01/2019 - 08:15   Com 17 mil inscritos, concurso do IFMS aplica prova amanhã em Campo Grande
19/01/2019 - 08:12   Guia do futebol: o que você precisa saber sobre o 41º Estadual de MS
19/01/2019 - 08:10   Ceptec emite alerta de chuvas intensas em todo o Estado, mas calorão continua
19/01/2019 - 08:07   Morador de rua tenta furtar veículo de dentro de casa e é linchado por vizinhos
19/01/2019 - 07:45   Operação reforça abordagens a suspeitos e veículos na fronteira
19/01/2019 - 07:37   Cleo Pires arrasa de topless na praia e comenta o bronze: "torrada na foto"
19/01/2019 - 07:35   Estadual de futebol começa hoje com estreia do tigre douradense
19/01/2019 - 07:30   Marcelo Yuka, fundador d´O Rappa, morre aos 53 anos no RJ
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!