Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018





Fronteira do Brasil com a Bolívia é liberada por manifestantes
A manifestação começou na primeira hora de terça-feira. O fluxo de veículos foi interrompido e a passagem de pessoas só era permitida a pé.


10 de Janeiro de 2018 - 18:26           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A fronteira do Brasil com a Bolívia, nas cidades de Corumbá e Puerto Quijarro, foi liberada por manifestantes e o trafego de veículos está normal na tarde desta quarta-feira (10). O bloqueio durou pouco mais de 30h. 

De acordo com o jornal Diário Corumbaense, com a fronteira fechada ontem (9) dezenas de caminhões com cargas deixaram de cruzar a fronteira. Por isso, nesta manhã, havia fila para a passagem de veículos pesados e de passeio.

A manifestação começou na primeira hora de terça-feira. O fluxo de veículos foi interrompido e a passagem de pessoas só era permitida a pé.

Conforme apurou o jornal local, os manifestantes queriam pressionar o governo de Evo Morales a revogar artigos da Lei 1.005, o Código Penal do país vizinho, que afetam o setor.

Segundo Angél Saavedra, presidente da Associação de Transporte Pesado de Arroyo Concepción (distrito fronteiriço de Puerto Quijarro), a nova legislação aumenta, por exemplo, as sanções por homicídio culposo durante condução de veículo, além de prever o ressarcimento de danos e outras providências.

Ainda segundo apurou o Diário Corumbaense, em toda a Bolívia os protestos continuam. Bloqueios são realizados nas principais cidades do país e nas fronteiras.









Campo Grande News










Plantão

.
18/10/2018 - 18:22   Corpo de africano é resgatado de lago
18/10/2018 - 17:53   Cartões de confirmação do Enem serão liberados na segunda-feira
18/10/2018 - 17:36   Pagamento do 13º salário injetará R$ 2,6 bilhões na economia de Mato Grosso do Sul
18/10/2018 - 17:36   Brasil tem 477 grávidas e lactantes no sistema carcerário; MS tem 19
18/10/2018 - 17:20   Inscrições para especialização a distância oferecida pelo IFMS vão até dia 22
18/10/2018 - 17:18   WhatsApp esvazia debate na campanha eleitoral deste ano
18/10/2018 - 17:17   Homem foge com veículo roubado que dá problema e ele acaba preso
18/10/2018 - 17:15   Operação contra o tráfico e facção criminosa prende 6 na Capital
18/10/2018 - 17:13   Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
18/10/2018 - 17:06   Senai, UFMS e Fiocruz vão desenvolver pesquisas em conjunto para indústrias de MS
18/10/2018 - 17:00   CCR MSVia abre novas vagas no Serviço de Atendimento, SAU
18/10/2018 - 11:09   Mergulhadores continuam buscas por corpo de homem no lago da rodoviária
18/10/2018 - 10:58   Playboy da mansão é morto com tiro nas costas enquanto bebia com amigos
18/10/2018 - 10:57   BR-163/MS passa por obras e serviços da CCR MSVia
18/10/2018 - 10:50   Bruna Marquezine é clicada durante mergulho em Noronha
18/10/2018 - 10:40   Dólar abre em alta a R$ 3,68 e Bolsa de Valores opera em queda
18/10/2018 - 10:30   Após denúncia anônima, polícia recupera pick up roubada com 1t de maconha
18/10/2018 - 09:40   Câmara propõe a criação da semana nacional do feijão e arroz
18/10/2018 - 09:30   Locais de prova do Enem poderão ser consultados na segunda-feira
18/10/2018 - 09:20   Justiça condenada mulher a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!