Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018





Falha humana é a principal linha da investigação sobre morte de Teori Zavascki
O ministro morreu na queda de um avião nos arredores de Paraty (RJ) há um ano.


10 de Janeiro de 2018 - 18:36           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 


Falha humana é a principal linha de investigação sobre a morte do ministro Teori Zavascki, segundo relato parcial sobre as investigações da morte do primeiro relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), apresentado hoje (10) pelo diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segovia, à presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia. O ministro morreu na queda de um avião nos arredores de Paraty (RJ) há um ano.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Rubens Maleiner, a principal linha de investigação leva a crer em falha humana nas manobras de aproximação da aeronave da pista de pouso em Paraty. “Esta é a linha principal”, afirmou. Ele disse que todas as perícias indicam não ter havido sabotagem contra a aeronave.

 “A possibilidade de um ato intencional contra aquele voo foi bastante explorada, com diversos exames periciais e atos investigatórios diversos, e nenhum elemento nesse sentido foi encontrado, pelo contrário, os elementos que atingimos até agora, todos conduzem a um desfecho não intencional e trágico, infelizmente, naquele voo”, disse Maleiner, que participou da reunião de quase 1h30 com Cármen Lúcia na manhã desta quarta-feira (10).

Maleiner disse não haver prazo para a conclusão definitiva das investigações, mas adiantou que está próximo de terminar seus trabalhos. “A investigação está em curso, sempre importante relembrar isso, qualquer coisa que nós digamos aqui é provisório, pode eventualmente ser modificado, mas ela está em estágio bastante avançado.”

Foram abertas três investigações sobre morte de Teori Zavascki, uma pela Força Aérea Brasileira (FAB), uma segunda pelo Ministério Público Federal (MPF) e a terceira pela Polícia Federal (PF). Nenhuma foi concluída até o momento.

O avião bimotor que transportava Teori Zavascki e mais quatro pessoas, incluindo o piloto, caiu no mar próximo a Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro, em 19 de janeiro do ano passado. Todos os ocupantes morreram.









Agência Brasi











Plantão

.
18/10/2018 - 18:22   Corpo de africano é resgatado de lago
18/10/2018 - 17:53   Cartões de confirmação do Enem serão liberados na segunda-feira
18/10/2018 - 17:36   Pagamento do 13º salário injetará R$ 2,6 bilhões na economia de Mato Grosso do Sul
18/10/2018 - 17:36   Brasil tem 477 grávidas e lactantes no sistema carcerário; MS tem 19
18/10/2018 - 17:20   Inscrições para especialização a distância oferecida pelo IFMS vão até dia 22
18/10/2018 - 17:18   WhatsApp esvazia debate na campanha eleitoral deste ano
18/10/2018 - 17:17   Homem foge com veículo roubado que dá problema e ele acaba preso
18/10/2018 - 17:15   Operação contra o tráfico e facção criminosa prende 6 na Capital
18/10/2018 - 17:13   Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
18/10/2018 - 17:06   Senai, UFMS e Fiocruz vão desenvolver pesquisas em conjunto para indústrias de MS
18/10/2018 - 17:00   CCR MSVia abre novas vagas no Serviço de Atendimento, SAU
18/10/2018 - 11:09   Mergulhadores continuam buscas por corpo de homem no lago da rodoviária
18/10/2018 - 10:58   Playboy da mansão é morto com tiro nas costas enquanto bebia com amigos
18/10/2018 - 10:57   BR-163/MS passa por obras e serviços da CCR MSVia
18/10/2018 - 10:50   Bruna Marquezine é clicada durante mergulho em Noronha
18/10/2018 - 10:40   Dólar abre em alta a R$ 3,68 e Bolsa de Valores opera em queda
18/10/2018 - 10:30   Após denúncia anônima, polícia recupera pick up roubada com 1t de maconha
18/10/2018 - 09:40   Câmara propõe a criação da semana nacional do feijão e arroz
18/10/2018 - 09:30   Locais de prova do Enem poderão ser consultados na segunda-feira
18/10/2018 - 09:20   Justiça condenada mulher a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!