Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 19 de Janeiro de 2019





Em novo ataque, bandidos arrombam igreja evangélica e não ‘perdoam’ nem botijão de gás em MS
Não perdoaram nem as panelas do templo religioso


12 de Janeiro de 2019 - 13:58           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

A onda de ataques a templos religiosos, que marcou o ano de 2018, continua. Desta vez, bandidos arrombaram uma igreja evangélica na rua Senador Queiroz, no Jardim Leblon, região sul de Campo Grande, levaram vários instrumentos musicais e não ‘perdoaram’ nem as panelas. O crime aconteceu nas primeiras horas deste sábado (12).

Botijão de gás, data show, bomba, panelas, ventiladores, rádio, violão, guitarra e teclado. Tudo foi levado pelos criminosos, que entraram pelo portão social, mas também arrombaram a porta principal do templo.

Uma vizinha se prontificou a fornecer as imagens das câmeras de segurança. A polícia vai investigar o caso.

Os furtos e invasões a igrejas em Campo Grande tem se tornado cada vez mais frequentes. Em agosto, em menos de quinze dias, ao menos quatro capelas foram alvo de ação de ladrões, mas uma delas chama a atenção: sofreu 7 roubos em 50 dias.

“É um crime que sempre aconteceu, mas com certeza percebemos o aumento. A falta de segurança e os assaltos chegaram ao espaço do sagrado´, diz o coordenador de pastoral da Arquidiocese de Campo Grande. Para o padre Agenor, ainda mais grave do que o furto de bens materiais é o desprezo com o que é sagrado. Atraídos pelos objetos dourados, como o cálice, os ladrões destroem o sacrário, que é um cofre um pequeno cofre colocado sob o altar onde ficam as hóstias.

Dourados e com aparência sofisticada, os vasos e cálices das igrejas chamam a atenção dos ladrões, mas muitas vezes, não têm qualquer valor para venda. “Os invasores veem os objetos e acreditam que são banhados a ouro´, comenta o padre.

Apesar do vandalismo, o padre não acredita que os crimes sejam motivados por ataques à religião. “É um problema social, assaltam a igreja como se fosse uma loja ou uma casa. O que está acontecendo é a falta de segurança, fome, desemprego, a falta de educação. Com isso, acontece a perda da noção do sagrado´, explica padre Agenor.











Plantão

.
19/01/2019 - 09:47   Hoje é dia de churrasco no Restaurante e Choperia Rei dos Espetos
19/01/2019 - 09:17   Jovem comete suicídio após escrever bilhete e trocar mensagens com a namorada
19/01/2019 - 09:15   Campanha vai orientar pescadores sobre proibição da pesca ao Dourado em MS
19/01/2019 - 09:12   A dessalinização da água do mar pode acabar com a sede
19/01/2019 - 09:08   Resumo de Novelas: Ondina provoca Sampaio, expondo seu amor por Valentina
19/01/2019 - 08:42   WhatsApp limita compartilhamento de mensagens para até 5 pessoas
19/01/2019 - 08:34   Novidades Netflix: Serial killers, genocídios e zumbis estão nos originais da semana
19/01/2019 - 08:31   Previdência: reforma chega ao Congresso em meados de fevereiro
19/01/2019 - 08:30   Funcionária de peixaria é importunada sexualmente e homem é preso em flagrante
19/01/2019 - 08:25   Homem com sinais de embriaguez morre ao cair da cachoeira do Inferninho
19/01/2019 - 08:21   Justiça tenta localizar 70 mil devedores ´desaparecidos´ de Campo Grande
19/01/2019 - 08:18   Jovem é preso após ser flagrado pichando bancos da Orla Morena
19/01/2019 - 08:15   Com 17 mil inscritos, concurso do IFMS aplica prova amanhã em Campo Grande
19/01/2019 - 08:12   Guia do futebol: o que você precisa saber sobre o 41º Estadual de MS
19/01/2019 - 08:10   Ceptec emite alerta de chuvas intensas em todo o Estado, mas calorão continua
19/01/2019 - 08:07   Morador de rua tenta furtar veículo de dentro de casa e é linchado por vizinhos
19/01/2019 - 07:45   Operação reforça abordagens a suspeitos e veículos na fronteira
19/01/2019 - 07:37   Cleo Pires arrasa de topless na praia e comenta o bronze: "torrada na foto"
19/01/2019 - 07:35   Estadual de futebol começa hoje com estreia do tigre douradense
19/01/2019 - 07:30   Marcelo Yuka, fundador d´O Rappa, morre aos 53 anos no RJ
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!