Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 23 de Abril de 2018





Denatran alerta que 85% dos recalls em airbags não foram feitos
Milhões de veículos não passaram por reparos


13 de Novembro de 2017 - 16:38           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O airbag dos veículos automotivos vendidos no Brasil é o componente que mais tem apresentado problemas que resultaram na necessidade de se fazer campanhas de recall. No entanto, 84% dos mais de 2,2 milhões de veículos que se encontram nessa situação não o fizeram, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

De acordo com o diretor do Denatran, Elmer Coelho Vicenzi, 85% dos recalls dirigidos a veículos automotivos podem causar lesões. No caso das motos, acrescentou, 60% dos problemas identificados implicam em risco de queda. “No caso dos airbags, apenas 16% dos recalls foram atendidos. Isso significa que 84% desses veículos estão andando pelas ruas com seus airbagsdefeituosos”, informou Vicenzi nesta segunda-feira (13) após participar do programa Por Dentro do Governo, na TV NBR. O programa é produzido e coordenado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, com a participação de emissoras de rádio de todo o país.

Os números citados pelo diretor constam do Boletim Recall. O documento mostra que, entre 2013 e junho de 2016, o airbag foi o componente mais afetado pelas campanhas de recall. Ele representa mais de um quarto (26%) dos componentes que apresentaram problemas. No período foram, ao todo, 60 pedidos de recall em airbags. O problema afetou mais de 2,2 milhões de veículos. Em segundo lugar ficaram os freios, com 17% do total de componentes defeituosos responsáveis por pedidos de recall; em seguida, o sistema de combustível (16%); motor (11%); problemas na direção (9%); e cinto de segurança (7%).

Em parte, a ineficiência das campanhas de recall se deve à dificuldade de o consumidor saber se seu veículo está entre os que tiveram o chassi informado nas campanhas. A fim de dar mais eficiência a essas campanhas, o governo pretende fazer uma parceria com as empresas do setor, a fim de fornecer “apenas para essa finalidade” o nome e o endereço do proprietário do veículo que precisa passar por recall. “Vamos fiscalizar o recall para garantir que o uso dessa informação está restrito a esse serviço”, garantiu o diretor do Denatran.

O diretor recomenda que os consumidores recorram ao site do Denatran para saber se o seu veículo precisa passar por algum ajuste. “Tem uma área do site onde ele pode digitar o número do chassi para ver se há algum recall pendente”, acrescentou Vicenzi.

Recall é um chamado público feito pelas empresas quando um produto ou serviço apresenta um defeito que coloque em risco a saúde e a segurança do consumidor. O objetivo é corrigir problemas e prevenir acidentes. A medida está prevista no artigo 10º do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Semáforos sonoros

Durante a entrevista à TV NBR, Vicenzi disse que o Brasil está padronizando os semáforos sonoros, dirigidos a pedestres com deficiência visual. Ele explica que essa falta de padronização dificulta a autonomia das pessoas com deficiência, porque cada parte do país tem uma padronização diferente.

“Será uma padronização única nacional e passará por campanhas educativas. A ideia é que, ao segurar por mais de 3 segundos o botão do sinal, ele, ao ficar verde [para o pedestre] emita um sinal sonoro que vai diminuindo, de forma à pessoa saber que o tempo [para a travessia] está encerrando”, explicou o diretor











Plantão

.
22/04/2018 - 20:14   Azambuja inicia visita a cidades da região sul inaugurando residecial com Marun
22/04/2018 - 20:12   Para vacinar 21 milhões de animais, MS inicia campanha contra a aftosa no dia 1° de maio
22/04/2018 - 20:05   Grávida é presa escondendo crack para revenda dentro da calcinha
22/04/2018 - 20:02   Paulista é flagrado carregando ´super-maconha´ em ônibus de viagem
22/04/2018 - 19:49   Pescador encontra corpo de turista desaparecido no Rio Aquidauana
22/04/2018 - 19:02   Homem encontrado morto degolado em roça de milho Maracaju
22/04/2018 - 14:36   Mulher morre após ser atropelada e arremessada por 20 metros
22/04/2018 - 13:45   Pela primeira vez em votação bilíngue, Paraguai elege hoje novo presidente
22/04/2018 - 13:42   Presos de Dourados estão feridos e sem atendimento médico, aponta denúncia
22/04/2018 - 13:40   Trump afirma que crise da Coreia do Norte ainda está ´longe de conclusão
22/04/2018 - 13:36   Campeã do ´BBB 18´, Gleici chega a Rio Branco em meio a tumulto de fãs
22/04/2018 - 12:55   Imparável, Rafael Nadal conquista seu décimo primeiro título em Monte Carlo
22/04/2018 - 12:53   Perante milhares de fiéis, Papa Francisco pede o fim da violência na Nicarágua
22/04/2018 - 12:51   Gretchen estreia reality show em que mostra a intimidade de sua família
22/04/2018 - 12:49   Corinthians goleia Paraná em Curitiba e larga em bom estilo na liderança
22/04/2018 - 12:46   Lázaro Ramos faz pergunta para Laura Müller e plateia cai na gargalhada
22/04/2018 - 12:39   Rivaldo acha que Neymar só será melhor do mundo na Espanha e aposta em Real
22/04/2018 - 09:10   Vereadora Lourdes Struziati agradece Governador e Prefeito pelas obras no município
21/04/2018 - 20:17   Paratleta de MS conquista medalhas de ouro em competição nacional
21/04/2018 - 20:13   Indicações ao prêmio Troféu Marco Verde continuam abertas
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!