Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018





Coronel do DOF é arrolado como testemunha de sargento da PM preso
Policial é réu em ação que investiga contrabando de cigarro em MS


14 de Junho de 2018 - 12:46           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A defesa do sargento da Polícia Militar Ricardo Campos Figueiredo, preso durante a Operação Oiketicus, que investiga envolvimento de agentes de segurança em esquema de contrabando de cigarro, arrolou o coronel Kleber Haddad Lane, diretor do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), como testemunha.

Conforme o pedido listado nos autos do processo, Haddad deve substituir o tenente-coronel Jefferson Vila Maior, comandante da Polícia Militar Ambiental apresentado previamente como testemunha. Ricardo está preso e, durante audiência realizada no dia 5, reiterou pedido de liberdade provisória. 

Ele é investigado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual, por suspeita de envolvimento com a máfia de contrabandistas de cigarro, juntamente com outros policiais militares. 

FLAGRANTE

A Operação Oiketicus foi deflagrada no dia 16 de maio pelo Gaeco, juntamente com a corregedoria da Polícia Militar, com objetivo de desarticular esquema de contrabando de cigarro favorecido por policiais corruptos. Ao todo, mais de 20 militares foram presos.

Na ocasião, Ricardo foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de uso restrito e obstrução da justiça pois, ao perceber a chegada de agentes do Gaeco, destruiu seus celulares que poderiam conter provas. Os aparelhos foram encaminhados para a perícia técnica. Ontem, a Corregedoria da Polícia Militar realizou desdobramento da operação, com ais oito pessoas presas em Campo Grande e interior.











Plantão

.
15/10/2018 - 12:39   Vereadora Célia Frota sugere limpeza de Cemitérios para o Dia de Finados
15/10/2018 - 11:52   Há quatro anos salvando vidas na BR-163/MS
15/10/2018 - 11:51   CCR MSVia prossegue com obras e serviços na BR-163/MS
15/10/2018 - 11:20   Bolsonaro afirma que vai resgatar o respeito em sala de aula
15/10/2018 - 11:19   Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
15/10/2018 - 11:06   Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
15/10/2018 - 11:04   Ganhadora de carro 0km do Grupo ABV é de Dourados
15/10/2018 - 10:59   MS inicia outubro com quase 90% da safra 2017/18 de soja comercializada
15/10/2018 - 09:10   Forças Armadas e Polícia Federal fazem operação no Rio de Janeiro
15/10/2018 - 09:07   Homenagem da Câmara de Itaporã aos professores
15/10/2018 - 09:00   Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores
15/10/2018 - 08:40   Acordo entre ministérios busca criar emprego para egressos de prisões
15/10/2018 - 08:30   Opas quer fortalecimento do SUS para atingir metas de desenvolvimento
15/10/2018 - 08:20   Fonoaudiólogo orienta professor otimizar e poupar a voz. Confira dicas
15/10/2018 - 08:10   Acidente com avião de pequeno porte deixa mortos na Alemanha
15/10/2018 - 08:00   Jovem corre atrás de ônibus em movimento, tenta forçar porta para entrar e morre atropelado
15/10/2018 - 07:50   Tite muda e adota mistério na seleção brasileira para enfrentar a Argentina
15/10/2018 - 07:49   Com novo limite para o 2º turno, candidatos já gastaram 4,8 milhões
15/10/2018 - 07:49   Policial aposentado morre quatro horas após se envolver em acidente
15/10/2018 - 07:47   Menino de 4 anos põe fogo em colchão de idosa acamada
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!