Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 21 de Agosto de 2018





Contabilidade do PCC era feita por esposa do líder da facção



12 de Junho de 2018 - 13:51           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Tânia Cristina Lima de Moura, 46, era quem fazia a contabilidade da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) em Campo Grande, segundo a Polícia Militar. Ela acabou presa nesta terça-feira (12/6) durante a Operação Paiol, desencadeada por policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), Choque e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

De acordo com o jornal Correio do Estado, a suspeita é esposa de "Tio Arantes", um dos nomes fortes da facção. 

Na casa onde morava, a polícia encontrou comprovantes de movimentação bancária.

Na Capital, foram cumpridos segundo o Correio do Estado, sete mandados, sendo três de prisão e quatro de busca e apreensão. Em todos os municípios onde ocorre a ação, os policiais cumprem 27 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão

Além de Tânia, o agente penitenciário Adilson Brum Weis também foi preso sob suspeita de repassar informações e dar privilégios à integrantes da organização criminosa dentro dos presídios. Com ele, a polícia encontrou também munições de calibre restrito, acarretando na prisão em flagrante.

O terceiro preso foi Elvis Alves Ferreira, de 25 anos. Ele era operador do tráfico de drogas da facção. Em sua casa, os policiais encontraram droga e além do mandado de prisão da operação, também foi preso em flagrante por tráfico.

Durante a ação, foram apreendidos documentos, munições, armas de fogo, celulares e droga com os três presos da Capital. Todo material será repassado ao Ministério Público Estadual (MPE) que fará perícia para novos desdobramentos da operação.











Plantão

.
21/08/2018 - 11:19   Carro carregado com maconha é apreendido na Capital
21/08/2018 - 11:19   Mega pode pagar prêmio de R$ 27,5 milhões amanhã
21/08/2018 - 11:18   Safra de cana estimada em 635 milhões de toneladas terá produção de 30 bilhões de litros de etanol
21/08/2018 - 10:36   Quer ser piloto de drone? Curso do Senai da Capital ensina como
21/08/2018 - 10:20   Polícia flagra caminhonete com meia tonelada de agrotóxico chinês
21/08/2018 - 10:19   Inadimplência do consumidor atinge 61,6 milhões no país
21/08/2018 - 10:18   Multas de trânsito já podem ser parceladas com cartão de crédito
21/08/2018 - 09:58   Vereadora Lourdes Struziati solicita Cascalhamento da ITA-35 , principal acesso ao Clube de Campo.
21/08/2018 - 09:35   Federação ajusta última rodada do Estadual Sub-19
21/08/2018 - 09:31   Traficante é preso acusado de vender droga próximo Escola Efantina no Flórida II
21/08/2018 - 09:30   Homem tenta incendiar a casa da ex-sogra para se vingar
21/08/2018 - 09:01   Morre aos 61 anos o jornalista Otavio Frias Filho
21/08/2018 - 09:00   Eleições 2018: 75% dos deputados federais devem se reeleger
21/08/2018 - 08:58   Inmet aponta para queda de temperatura em MS ao longo desta terça-feira
20/08/2018 - 23:27   APAE de Itaporã abre a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla
20/08/2018 - 22:49   Uma mulher foi presa e acusada de embriaguez ao volante em Itaporã
20/08/2018 - 16:39   Carreata do Zé Gotinha alerta sobre importância da vacinação infantil
20/08/2018 - 16:25   MPE pede que TSE recuse candidatura de Lula: ´Está inelegível´
20/08/2018 - 16:16   TRE-MS disponibiliza sistema para denúncias de práticas eleitorais ilegais
20/08/2018 - 16:15   Menina denuncia padrasto após estupros em série
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!