Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 18 de Setembro de 2018





Aposentadoria por idade será aprovada por internet e telefone



16 de Maio de 2018 - 11:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A partir de segunda-feira (21) o INSS deixará de agendar datas para receber pedidos de aposentadoria por idade.

Agora, as solicitações serão analisadas automaticamente, sem a necessidade de o segurado ir até uma agência da Previdência.

Com a mudança, os trabalhadores só terão de comparecer ao local se houver alguma pendência no pedido, ou seja, caso faltem documentos que comprovem o direito de se aposentar por idade.
A solicitação do benefício continua sendo feita pela internet, em meu.inss.gov.br, ou por telefone, no 135.

Na internet, é necessário fazer um cadastro e pegar uma senha. Ao fazer o pedido, será gerado um número de protocolo, para que o segurado acompanhe sua solicitação.

Será feita uma análise pelos computadores do instituto e, caso esteja tudo correto, o benefício será concedido, diz o INSS.

Além da aposentadoria por idade, que exige 60 anos de idade das mulheres e 65 anos dos homens mais 15 anos de contribuições ao INSS, o salário-maternidade também será liberado automaticamente.

Após protocolar o pedido, a orientação do órgão é que o trabalhador acompanhe o andamento pelo site ou pelo 135.

Segundo o instituto, a medida deve agilizar a concessão desse tipo de aposentadoria.
O presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários), Roberto de Carvalho Santos explica que, mesmo com a concessão automática, o instituto é obrigada a enviar à casa do segurado a carta de concessão da aposentadoria.

No documento, há informações sobre os cálculos usados pelo INSS e sobre a data de pagamento do primeiro benefício.

O especialista explica que há um prazo legal de 45 dias para que o instituto conceda ou negue os benefícios.

O advogado Rômulo Saraiva lembra que o segurado deve conferir a carta de concessão depois de recebê-la. Caso haja erro de cálculo, o prazo é de dez anos para pedir uma revisão.











Plantão

.
18/09/2018 - 12:40   Quadrilha é presa em MS suspeita de golpes de consórcio em 3 Estados
18/09/2018 - 12:20   Inscrições para mestrado e doutorado em Recurso Naturais na Uems continuam
18/09/2018 - 12:00   País tem safra recorde de frutas, cereais, leguminosas e oleaginosas
18/09/2018 - 11:45   Gaeco deflagra operação contra o tráfico em MS e ´mira´ policiais
18/09/2018 - 11:40   Brasil está na contramão da redução da população carcerária aponta Pastoral Carcerária
18/09/2018 - 11:29   Grêmio abre as quartas de final contra o Tucumán
18/09/2018 - 11:23   HU-UFGD prepara o II Congresso de Ensino e Pesquisa
18/09/2018 - 11:20   Produção de soja em MS deve ultrapassar 10 milhões de toneladas na safra 2018/19
18/09/2018 - 11:14   Brasil tem 61,5 milhões de consumidores inadimplentes
18/09/2018 - 11:00   Orçamento do Luz para Todos em 2019 será de R$ 1,07 bilhão
18/09/2018 - 10:40   SUS poderá oferecer centros de assistência integral à pessoa autista
18/09/2018 - 10:20   Ministério Público orienta agentes para combate ao crime eleitoral
18/09/2018 - 10:00   Após período de baixa, exportações de café crescem 30% em agosto
18/09/2018 - 09:23   Governo oficializa pedido de R$ 6 milhões para Hospital do Trauma
18/09/2018 - 09:16   Troca de tiros entre pistoleiro e traficante mobiliza polícia na fronteira
18/09/2018 - 09:13   Seis dias depois de operação, Polaco se apresenta na PF em Brasília
18/09/2018 - 09:10   Plantio de soja tem início com chuva e previsão de alta de 4%
18/09/2018 - 09:08   À espera de julgamento, 4 mil veículos viram sucata em delegacias
18/09/2018 - 09:06   Multa máxima à MSVia não ultrapassa 3,5% da receita anual
18/09/2018 - 09:06   Ladrão agride empresária que saía de banco e rouba R$ 29 mil na Capital
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!