Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 18 de Julho de 2018





Aposentadoria por idade será aprovada por internet e telefone



16 de Maio de 2018 - 11:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A partir de segunda-feira (21) o INSS deixará de agendar datas para receber pedidos de aposentadoria por idade.

Agora, as solicitações serão analisadas automaticamente, sem a necessidade de o segurado ir até uma agência da Previdência.

Com a mudança, os trabalhadores só terão de comparecer ao local se houver alguma pendência no pedido, ou seja, caso faltem documentos que comprovem o direito de se aposentar por idade.
A solicitação do benefício continua sendo feita pela internet, em meu.inss.gov.br, ou por telefone, no 135.

Na internet, é necessário fazer um cadastro e pegar uma senha. Ao fazer o pedido, será gerado um número de protocolo, para que o segurado acompanhe sua solicitação.

Será feita uma análise pelos computadores do instituto e, caso esteja tudo correto, o benefício será concedido, diz o INSS.

Além da aposentadoria por idade, que exige 60 anos de idade das mulheres e 65 anos dos homens mais 15 anos de contribuições ao INSS, o salário-maternidade também será liberado automaticamente.

Após protocolar o pedido, a orientação do órgão é que o trabalhador acompanhe o andamento pelo site ou pelo 135.

Segundo o instituto, a medida deve agilizar a concessão desse tipo de aposentadoria.
O presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários), Roberto de Carvalho Santos explica que, mesmo com a concessão automática, o instituto é obrigada a enviar à casa do segurado a carta de concessão da aposentadoria.

No documento, há informações sobre os cálculos usados pelo INSS e sobre a data de pagamento do primeiro benefício.

O especialista explica que há um prazo legal de 45 dias para que o instituto conceda ou negue os benefícios.

O advogado Rômulo Saraiva lembra que o segurado deve conferir a carta de concessão depois de recebê-la. Caso haja erro de cálculo, o prazo é de dez anos para pedir uma revisão.











Plantão

.
17/07/2018 - 22:20   Jovem tira a própria vida e choca Maracaju
17/07/2018 - 21:31   PRF apreende cerca de cinco toneladas de maconha em Dourados
17/07/2018 - 16:23   Morre primeira dama de Eldorado, Andréia Maciel Santos
17/07/2018 - 16:20   Especialistas mundiais debatem práticas de bem-estar de suínos e aves na Embrapa
17/07/2018 - 16:17   Ladrões invadem propriedade rural e furtam soja avaliada em R$ 70 mil
17/07/2018 - 16:03   Pontos em obras exigem interferência no tráfego da BR-163/MS
17/07/2018 - 15:16   Artigo: Crianças podem desenvolver TOC - De Luciana Brites
17/07/2018 - 14:41   Promotora faz visita surpresa e descobre que bioquímico de posto de saúde trabalha em outra cidade
17/07/2018 - 14:14   Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
17/07/2018 - 14:06   PMA captura anta com ferimentos em rancho de Coxim
17/07/2018 - 14:05   54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o País
17/07/2018 - 11:20   Operação em MS mira grupo que clonava telefones de políticos
17/07/2018 - 11:20   Integrante de facção criminosa é assassinada enquanto tomava tereré
17/07/2018 - 11:17   Bruna Marquezine posta selfie de roupão e ganha elogios de famosos
17/07/2018 - 11:17   Publicado decreto que antecipa parcela do 13º para aposentados
17/07/2018 - 11:15   Ipê-Amarelo se torna árvore símbolo do Estado de Mato Grosso do Sul
17/07/2018 - 11:14   Cármen Lúcia assume interinamente a Presidência da República
17/07/2018 - 11:12   Acidente envolvendo caminhões deixa uma pessoa presa às ferragens
17/07/2018 - 11:12   Escola Senai da Construção inicia dois cursos gratuitos para soldados do Exército
17/07/2018 - 10:05   Ex vereador cobra cumprimento da Lei que proíbe colocar faixas de anúncios em bens públicos municipais em Itaporã
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!