Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 22 de Julho de 2018





Apesar de surto, nova campanha contra febre amarela está descartada em MS



12 de Janeiro de 2018 - 15:48           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Apesar do surto de febre amarela silvestre na região sudeste do Brasil, onde 21 mortes foram registradas até esta sexta-feira (12), apenas no estado de São Paulo, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) descartou a possibilidade de uma nova campanha de vacinação em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a SES, como Mato Grosso do Sul faz parte do grupo de 21 estados considerados endêmicos pelo Ministério da Saúde, até o momento não há necessidade de novas ações, já que o surto da doença nessas localidades não oferece risco à população do estado.

A Secretaria reforça que, para realização de uma nova campanha seria necessária uma recomendação do Ministério e que até o momento isso não ocorreu.

Segundo a secretaria, pessoas que vêm das regiões onde há registro de casos recentes da doença para Mato Grosso do Sul, devem realizar a imunização em seus estados. Conforme a SES, os estoques de vacina da doença estão normalizados e disponíveis para a população nas unidades de saúde do estado, caso seja necessário posteriormente.

Surto

Os primeiros casos da doença ocorreram ainda em outubro do ano passado, onde 10 casos foram registrados em São Paulo. Na ocasião, a Secretaria de Saúdo do estado informou que todas as pessoas infectadas moravam na região do dos parques Horto Forestal e Cantareira, região norte do município.

À época, mortes de macacos também foram registradas e o parque chegou a ser fechado. Até o momento, há registro de mortes também em Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Segundo o Instituto Adolfo Lutz, onde os testes nos animais são feitos, entre julho de 2016 e janeiro de 2018, 2.491 mortes de macacos foram registradas. Destes, 617 estavam contaminados pela febre amarela, 61,5% apenas na cidade de Campinas.

Uma lista com o nome das cidades que o Ministério da Saúde recomenda a vacinação contra a doença pode ser consultada aqui.

Contágio

A contaminação ocorre quando um ser humano ou um primata é picado pelo mosquito transmissor da doença, Haemagogus, para febre amarela silvestre, e Aedes aegypti, para febre amarela urbana.

doença ocorre da seguinte maneira: na fase inicial, há ocorrência de dores de cabeça, febre, perda de apetite, náuseas e vômito e dores musculares, principalmente na região das costas.

Na fase tóxica, os sintomas são agravados e podem ser registrados sintomas febres altas, amarelamento de pele e olhos, sangramento da boca, nariz, olhos e estômagos, vômitos, órgão como fígado e rins são comprometidos, dores abdominais e escurecimento da urina.











Plantão

.
21/07/2018 - 19:35   Polícia de Coronel Sapucaia apreende veículo com 88 kg de maconha
21/07/2018 - 16:55   Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado
21/07/2018 - 16:52   Homem escala torre de energia e cai ao encostar na rede de alta tensão
21/07/2018 - 16:51   Mega Sena pode pagar R$ 62 milhões neste sábado
21/07/2018 - 16:50   Clássicos regionais podem definir novo líder hoje no Brasileirão
21/07/2018 - 16:48   PMN decide não ter candidato à Presidência nem fazer alianças
21/07/2018 - 16:48   Motociclista morre após acidente em avenida movimentada da Capital
21/07/2018 - 16:28   Acervo de Puccinelli em quitinete traz suspeita sobre safras e ´boi de papel´
21/07/2018 - 14:14   Polícia apreende grande quantidade de droga escondidos em fundo falso de carreta
21/07/2018 - 13:25   PDT oficializa chapa pura e Odilon é o 1º candidato ao cargo de governador de MS
21/07/2018 - 09:41   Solidariedade ameaça deixar ´Blocão´ após se aproximar de Alckmin
21/07/2018 - 09:39   Taxista tenta desviar de buraco e capota veículo na MS-134
21/07/2018 - 09:37   Whatsapp anuncia testes contra disseminação de fake news
21/07/2018 - 09:35   Retirada da carreta que tombou na BR-158 demorou mais de 5 horas
21/07/2018 - 09:34   Prazo para atualização do Cadastro Único é prorrogado até 17 de agosto
21/07/2018 - 09:34   Preço da gasolina sobe após 6 semanas seguidas de queda, diz ANP
21/07/2018 - 09:33   Governo Federal cria fundo nacional de desenvolvimento ferroviário
21/07/2018 - 09:31   Detentos tiram fotos e atualizam Facebook de dentro de presídio
21/07/2018 - 09:29   Dany Bananinha exibe suas curvas na ilha de Fernando de Noronha
21/07/2018 - 09:28   ABC e Sete duelam valendo a liderança do Sub-19
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!