Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 21 de Abril de 2018





Alvos da PF, quadrilhas movimentavam 7.200 caixas de cigarros por mês
Em Mato Grosso do Sul, os mandados são cumpridos em Naviraí e Iguatemi


17 de Abril de 2018 - 09:02           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Alvos da PF, quadrilhas movimentavam 7.200 caixas de cigarros por mês

 
 
Com ramificações em quatro estados, incluindo Mato Grosso do Sul, as duas quadrilhas alvos da operação da PF (Polícia Federal) movimentavam 7.200 caixas de cigarros por mês. O produto era contrabandeado do Paraguai. A operação Homônimos é realizada nesta terça-feira (dia 17) em quatro Estados: MS, São Paulo (onde as quadrilhas são sediadas), Espírito Santo e Paraná.

No Estado, os mandados são cumpridos em Naviraí e Iguatemi. Sendo uma prisão em Iguatemi. A PF de Sorocaba, que coordena a operação, informou que mais detalhes serão repassados às 9h (horário de MS), durante coletiva de imprensa.

Ao todo, são cumpridos 35 mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisão temporária, 45 mandados de busca e apreensão e 32 mandados de sequestro e bloqueio de bens.

Além de Naviraí e Iguatemi, as ordens são cumpridas em Sorocaba, Jundiaí, Piracicaba, Várzea Paulista, Cesário Lange, São Paulo (todas em São Paulo); Linhares (ES); e Umuarama (PR). Um policial militar foi preso preventivamente.

Conforme a Polícia Federal, algumas pessoas detidas hoje já foram alvos da operação Mandrin, realizada em 2007 pelo mesmo crime. 

As investigações para a ação deflagrada hoje começaram em 2017 e, no decorrer do trabalho, foram presas 25 pessoas, aprendidos 25 veículos (caminhões, vans e automóveis) e 4.276 caixas de cigarro (num total aproximado de 4.276.000 maços).

Tributos – O cálculo , a partir de preços considerados pela Receita Federal, é que o prejuízo paras as quadrilhas seja de R$ 13.725.960,00. Em tributos sonegados, tem-se o valor de R$ 14.000.479,20. A estimativas é que os grupos movimentem, mensalmente, 7.200 caixas de cigarros, no importe de R$ 5.760.000,00, com lucro real de R$ 2.500.000,00.

A operação tem o nome de Homônimo porque os chefes das duas organizações criminosas investigadas são conhecidos como "Roberto", embora sejam duas pessoas diferentes.




Campo Grande News










Plantão

.
21/04/2018 - 11:39   NAVIRAI: Advogada morre de H3N2 ao dar entrada em hospital
21/04/2018 - 10:50   TJMS será inspecionado pela Corregedoria Nacional de Justiça na próxima semana
21/04/2018 - 10:47   Plantas comestíveis exóticas chamam atenção em feira de Dourados
21/04/2018 - 10:37   Caminhonete com família capota, esposa é arremessada e morre no local
21/04/2018 - 10:36   Índia aprova decreto que prevê pena de morte para estupro de menores de 12 anos
21/04/2018 - 10:35   Vizinho aproveita saída do pai e estupra menina de 11 anos em Dourados
21/04/2018 - 10:14   Grêmio negocia empréstimo de atacante da base ao Paysandu
21/04/2018 - 10:13   Embriagado, jovem chama policial de ´vagabundo´ e é preso por desacato
21/04/2018 - 10:10   Motociclista invade pista contrária e morre em acidente na MS-473
21/04/2018 - 09:29   Paraguai espera conclusão da rodovia Transchaco até 2020
21/04/2018 - 09:23   Carro de luxo furtado em São Paulo é recuperado em Água Clara
21/04/2018 - 09:20   Pavimentação em rodovia não avança e contrato pode ser rescindido
21/04/2018 - 09:04   Aposta do Distrito Federal fatura sozinha R$ 9,3 milhões da Mega-Sena
21/04/2018 - 09:00   Homem é esfaqueado por dívida de droga de R$ 10 na Capital
21/04/2018 - 08:40   Com indefinição no comando, Atlético-MG recebe Vitória pelo Brasileiro
21/04/2018 - 08:20   Caminhoneiro morre atropelado ao descer do veículo na BR-463
21/04/2018 - 08:15   Fila de 471 cirurgias bariátricas só será zerada em oito anos
20/04/2018 - 21:09   Bombeiros socorrem vítima de acidente em Amambai
20/04/2018 - 21:05   Denúncia anônima leva DOF até ‘arsenal de guerra’ em loja na Grande Dourados
20/04/2018 - 18:15   Em Itaporã, Reinaldo Azambuja entrega e anuncia obras e ganha título de cidadão.
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!