Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 18 de Julho de 2018





A partir do dia 28, bancos não receberão boletos acima de R$ 10 mil
Decisão foi divulgada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN)


16 de Maio de 2018 - 12:37           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu no mês de março que boletos acima de R$ 10 mil não poderão ser pagos em dinheiro. A nova regra entrará em vigor em 28 de maio.

Hoje, cada banco adota adota o limite que quiser porque não há uma norma que regule esse teto.

Pela decisão do CMN, com o limite fixado em R$ 10 mil, os bancos não poderão recusar pagamentos em dinheiro para boletos abaixo deste valor.

Pagamentos acima de R$ 10 mil

Hoje, cerca de 1,7% dos boletos têm valor acima de R$ 10 mil.

De acordo com o Banco Central, a medida adotada pelo CMN  visa aperfeiçoar os mecanismos de controle de prevenção à lavagem de dinheiro.

Comunicação entre bancos

O CMN também determinou nesta quarta que as instituições financeiras serão obrigadas a comunicar umas às outras quando houver pagamento em espécie de um boleto emitido por outra instituição.

Essa medida passará a valer a partir de 11 de março de 2019, para permitir a adaptação operacional dos bancos.

"Todo boleto pago em espécie deverá ser marcado, identificado que foi pago em espécie, independentemente do valor. Se por exemplo, a o banco A recebe o pagamento e a conta destinatário está no banco B, ele tem que registrar que o pagamento foi em espécie e informar ao banco B", informou o diretor de Regulação do Banco Central, Otavio Damaso.

Acesso de outros bancos

Outra resolução aprovada pelo CMN nesta quarta proíbe os bancos de limitar ou impedir o acesso de outros bancos ou instituições de pagamento às seguintes operações:

Débitos autorizados pelo titular da conta;

Emissão de boletos de pagamentos;

Transferências entre contas da mesma instituição e entre instituições diferentes (DOC e TED).

As instituições de pagamento possibilitam ao cidadão realizar pagamentos independentemente de relacionamentos com bancos e outras instituições financeiras. Entre as quais, estão as credenciadoras, contratadas por estabelecimentos comerciais para aceitação de cartão de crédito ou débito. As instituições de pagamento também podem ofertar produtos específicos, como cartões pré-pagos em moeda nacional.

"Ao retirar a possibilidade de eventuais limitações de acesso dessas instituições aos referidos serviços, espera-se que a concorrência entre as instituições se concentre na oferta de produtos financeiros e de pagamento mais eficientes, adequados e seguros aos usuários finais, sem barreiras de infraestrutura", explicou em nota o BC.

Essa medida entrará em vigor a partir de 2 de julho para os serviços de emissão de boleto e transferências. E a partir de 1º de novembro para o serviço de débito autorizado.










Plantão

.
17/07/2018 - 22:20   Jovem tira a própria vida e choca Maracaju
17/07/2018 - 21:31   PRF apreende cerca de cinco toneladas de maconha em Dourados
17/07/2018 - 16:23   Morre primeira dama de Eldorado, Andréia Maciel Santos
17/07/2018 - 16:20   Especialistas mundiais debatem práticas de bem-estar de suínos e aves na Embrapa
17/07/2018 - 16:17   Ladrões invadem propriedade rural e furtam soja avaliada em R$ 70 mil
17/07/2018 - 16:03   Pontos em obras exigem interferência no tráfego da BR-163/MS
17/07/2018 - 15:16   Artigo: Crianças podem desenvolver TOC - De Luciana Brites
17/07/2018 - 14:41   Promotora faz visita surpresa e descobre que bioquímico de posto de saúde trabalha em outra cidade
17/07/2018 - 14:14   Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
17/07/2018 - 14:06   PMA captura anta com ferimentos em rancho de Coxim
17/07/2018 - 14:05   54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o País
17/07/2018 - 11:20   Operação em MS mira grupo que clonava telefones de políticos
17/07/2018 - 11:20   Integrante de facção criminosa é assassinada enquanto tomava tereré
17/07/2018 - 11:17   Bruna Marquezine posta selfie de roupão e ganha elogios de famosos
17/07/2018 - 11:17   Publicado decreto que antecipa parcela do 13º para aposentados
17/07/2018 - 11:15   Ipê-Amarelo se torna árvore símbolo do Estado de Mato Grosso do Sul
17/07/2018 - 11:14   Cármen Lúcia assume interinamente a Presidência da República
17/07/2018 - 11:12   Acidente envolvendo caminhões deixa uma pessoa presa às ferragens
17/07/2018 - 11:12   Escola Senai da Construção inicia dois cursos gratuitos para soldados do Exército
17/07/2018 - 10:05   Ex vereador cobra cumprimento da Lei que proíbe colocar faixas de anúncios em bens públicos municipais em Itaporã
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!