Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018





A partir do dia 28, bancos não receberão boletos acima de R$ 10 mil
Decisão foi divulgada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN)


16 de Maio de 2018 - 11:28           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu no mês de março que boletos acima de R$ 10 mil não poderão ser pagos em dinheiro. A nova regra entrará em vigor em 28 de maio.

Hoje, cada banco adota adota o limite que quiser porque não há uma norma que regule esse teto.

Pela decisão do CMN, com o limite fixado em R$ 10 mil, os bancos não poderão recusar pagamentos em dinheiro para boletos abaixo deste valor.

Pagamentos acima de R$ 10 mil

Hoje, cerca de 1,7% dos boletos têm valor acima de R$ 10 mil.

De acordo com o Banco Central, a medida adotada pelo CMN  visa aperfeiçoar os mecanismos de controle de prevenção à lavagem de dinheiro.

Comunicação entre bancos

O CMN também determinou nesta quarta que as instituições financeiras serão obrigadas a comunicar umas às outras quando houver pagamento em espécie de um boleto emitido por outra instituição.

Essa medida passará a valer a partir de 11 de março de 2019, para permitir a adaptação operacional dos bancos.

"Todo boleto pago em espécie deverá ser marcado, identificado que foi pago em espécie, independentemente do valor. Se por exemplo, a o banco A recebe o pagamento e a conta destinatário está no banco B, ele tem que registrar que o pagamento foi em espécie e informar ao banco B", informou o diretor de Regulação do Banco Central, Otavio Damaso.

Acesso de outros bancos

Outra resolução aprovada pelo CMN nesta quarta proíbe os bancos de limitar ou impedir o acesso de outros bancos ou instituições de pagamento às seguintes operações:

Débitos autorizados pelo titular da conta;

Emissão de boletos de pagamentos;

Transferências entre contas da mesma instituição e entre instituições diferentes (DOC e TED).

As instituições de pagamento possibilitam ao cidadão realizar pagamentos independentemente de relacionamentos com bancos e outras instituições financeiras. Entre as quais, estão as credenciadoras, contratadas por estabelecimentos comerciais para aceitação de cartão de crédito ou débito. As instituições de pagamento também podem ofertar produtos específicos, como cartões pré-pagos em moeda nacional.

"Ao retirar a possibilidade de eventuais limitações de acesso dessas instituições aos referidos serviços, espera-se que a concorrência entre as instituições se concentre na oferta de produtos financeiros e de pagamento mais eficientes, adequados e seguros aos usuários finais, sem barreiras de infraestrutura", explicou em nota o BC.

Essa medida entrará em vigor a partir de 2 de julho para os serviços de emissão de boleto e transferências. E a partir de 1º de novembro para o serviço de débito autorizado.











Plantão

.
17/10/2018 - 17:48   Menino de 9 anos atira em si mesmo dentro do Colégio Adventista
17/10/2018 - 17:05   Odilon de Oliveira fará caminhada e visita ao comércio de Itaporã sexta-feira 19/10
17/10/2018 - 16:37   Reinaldo desmente rombo e diz que caixa do Governo de MS não corre riscos
17/10/2018 - 16:36   CEF começa a pagar abono do PIS aos nascidos em outubro
17/10/2018 - 16:18   Sem alarde, Polícia Federal faz busca e apreensão na Agraer
17/10/2018 - 16:18   Traficante é baleado ao tentar fugir da polícia
17/10/2018 - 15:08   Vestibular da Unigran acontece no sábado 20 de outubro
17/10/2018 - 14:58   Pistoleiros executam homem em quadra de vôlei
17/10/2018 - 14:14   Eleitor que tiver problema no ato de votar deverá apresentar queixa de imediato a mesário
17/10/2018 - 14:12   TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news
17/10/2018 - 13:40   Morte de preso seria motivada por causa do volume de televisão
17/10/2018 - 13:25   Se eleito, Bolsonaro deve indicar deputada de MS para Ministério da Agricultura e Meio Ambiente
17/10/2018 - 13:20   Cris lembra o rosto de homem que a persegue em sonho
17/10/2018 - 12:50   Dia Nacional da Vacinação alerta para importância da imunização no País
17/10/2018 - 12:35   Municípios não podem criar loterias próprias, afirma Supremo
17/10/2018 - 12:31   Em Itaporã, Clube de Laço União Promove Festa do Laço Comprido nos dias 26, 27 e 28/10
17/10/2018 - 12:20   Ação em MS fiscaliza comércio de armas de fogo e munições
17/10/2018 - 11:57   Pecuarista é multado por desmatamento ilegal de 176 hectares
17/10/2018 - 11:53   Obras imponentes, como as torres das igrejas coloniais; conheça a cidade de Goiana
17/10/2018 - 11:23   Catarinenses são presos com mais de 2 toneladas de maconha escondidas em caminhão
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!