Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018





Rolemberg estevão de souza: "Um certo sentimento de patriotismo"



16 de Abril de 2018 - 08:30           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A primeira semana de abril de 2018 entrará para a história do país como um ponto de inflexão, em que o respeito às instituições, o bom funcionamento do Poder Judiciário e a demonstração de que ninguém está acima da lei venceram as forças do fisiologismo, da corrupção endêmica e da protelação judicial interminável. A tristeza de ver um ex-presidente da República sendo preso, pois muito diz sobre nossa sociedade, foi contrabalançada pelos procedimentos pacíficos, respeitosos das regras e da Constituição.

Neste contexto, o futuro que se nos avizinha cobra das autoridades públicas seriedade no exercício dos cargos, respeito às aspirações da sociedade e compromisso com o futuro das novas gerações. 

Lembro-me das primeiras lições de diplomacia que tive no Itamaraty, em que aprendemos a admirar a figura de Rio Branco e seu sentimento de patriotismo, os esforços para bem compreender o Brasil, sua terra e sua gente. O zelo e a dedicação incansável com os quais ajudou a definir os contornos definitivos do Brasil garantiu a nós mato-grossenses e mato-grossenses do Sul a terra fértil, a paz com os vizinhos e as demais condições para a prosperidade. Semelhante empenho na defesa dos valores do país, deveremos esperar dos candidatos que saírem vitoriosos das eleições deste ano. É preciso, neste momento de crise e indefinições, reforçar o sentido de pertencimento ao Brasil, ao Mato Grosso do Sul e aos demais estados que formam nossa nação. 

Somente com sentimento de fraternidade e união poderemos assegurar os horizontes de todos os segmentos da população quanto ao constante aprimoramento e elevação do nível de vida. Devemos cuidar de nossos jovens, dar-lhes educação de qualidade e condições para se tornarem empreendedores, bons profissionais nas mais variadas áreas de atuação ou servidores públicos honrados. Da mesma forma, zelar pelo bem-estar dos idosos, respeitar os direitos que lhes foram assegurados no passado e ouvir seus conselhos e orientações. 

É claro que este conjunto de aspirações depende da superação de nossos problemas estruturais e de desenvolvimento de longo prazo. Desenvolvimento social, político e econômico. Tudo isso demanda capacidade de captação de recursos financeiros e bom gerenciamento. Muitas são as instituições internacionais em condições de investir em educação, saúde e demais aspectos que afetam o dia-a-dia dos grupos carentes de nossa sociedade. Os recursos nacionais, somados à arrecadação do Estado, podem garantir obras de infra-estrutura e investimentos necessários para a dinamização da economia. Em um período no qual a sociedade apresenta flagrante envelhecimento e o prolongamento da vida útil de cada brasileira e brasileiro exige mais recursos é hora de demonstrarmos que também nós podemos construir uma sociedade mais justa, por meio – como diria Hélio Jaguaribe – de um nacionalismo de fins. 

Rio Branco defendeu nosso território com as armas do conhecimento e da negociação, incorporou valores do Iluminismo e sempre soube que a liberdade com responsabilidade social era basilar na construção da nação. Respeitava a propriedade privada e as instituições, tanto no Império quanto na República. 
Nas eleições deste ano, precisaremos cultivar valores semelhantes, sem radicalismos ou saídas fáceis, com respeito à Constituição e aos valores tradicionais do país.











Plantão

.
12/12/2018 - 19:26   Adolescente morre afogado durante banho com amigos em lagoa
12/12/2018 - 19:23   Delegado e vereadora de Itaporã propõe conscientização sobre violência doméstica e sexual
12/12/2018 - 16:52   Encontro discute combate à violência contra a mulher nos municípios de fronteira
12/12/2018 - 16:50   Murilo e Geraldo são cotados para assumir secretarias no governo Azambuja
12/12/2018 - 16:39   Homem rodeado por jacarés é resgatado de riacho em MS
12/12/2018 - 16:05   Catedral de Campinas celebra missa em homenagem às vítimas de ataque
12/12/2018 - 15:35   Dani Calabresa e Marcelo Adnet posam juntos em especial de humor
12/12/2018 - 14:38   PMA autua fazendeiro em R$ 13 mil por incêndio em vegetação de desmatamento ilegal pelo qual já havia sido autuado
12/12/2018 - 11:00   Crescem as exportações de arroz brasileiro
12/12/2018 - 10:46   Cardápio saboroso para esta quarta-feira, 12/12, no Restaurante e Choperia Reis dos Espetos
12/12/2018 - 10:40   PMA autua dois em fazenda com capivara que tinham acabado de abater a tiros em trator
12/12/2018 - 10:20   Sem sucesso: bandidos tentam furtar agência bancária, alarme dispara e ladrões saem correndo
12/12/2018 - 10:00   Com energia cortada, jovem vence olimpíada de matemática estudando com luz de poste
12/12/2018 - 09:27   Copasul 40 anos: Grande evento reuniu cooperados e fundadores em Naviraí
12/12/2018 - 09:02   Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
12/12/2018 - 09:00   Senai de Três Lagoas está com matrículas abertas para 300 vagas em 6 cursos técnicos
12/12/2018 - 08:58   Campanha de vacinação do Sesi imunizou 13,4 mil trabalhadores de indústria em 2018 no Estado
12/12/2018 - 08:40   Desembargadora Tânia Borges é alvo de novo processo no CNJ
12/12/2018 - 08:26   Rotary Club e Sicredi de Itaporã fazem entrega de equipamentos ao Hospital Municipal
12/12/2018 - 08:21   Mãe tenta vender virgindade da filha de 13 anos na Internet por quase 100 mil reais
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!